Tivit vai investir R$ 200 milhões em computação em nuvem até 2025

A unidade de negócios teve crescimento de 24% na receita desde o início da pandemia.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

A unidade de negócios teve crescimento de 24% na receita desde o início da pandemia

Acessibilidade


A empresa brasileira de tecnologia Tivit vai investir R$ 200 milhões em computação em nuvem até 2025, impulsionada pela forte demanda pelo serviço que pegou carona nas medidas de isolamento social.

A área de computação em nuvem se tornou a principal linha de negócios da companhia no primeiro semestre e deve receber investimento de R$ 60 milhões neste ano para uso em áreas como integração de tecnologia e desenvolvimento de produtos, informou a companhia. A unidade de negócios teve crescimento de 24% na receita desde o início da pandemia, informou a Tivit.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O foco da empresa este ano é sobre o setor financeiro. “Percebemos um movimento muito grande das instituições financeiras mais tradicionais com a migração de serviços para canais online ou com o lançamento de produtos nativamente digitais, além do crescimento das fintechs”, disse em comunicado, o diretor-executivo da área de soluções de computação em nuvem da Tivit, André Frederico.

“Toda a regulamentação que favorece os serviços de open banking impulsiona a adoção da nuvem”, acrescentou, se referindo ao sistema sendo implementado pelo Banco Central que dá aos clientes poder sobre compartilhamento de dados bancários e de escolha sobre transações, para elevar a concorrência. (com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: