Daki, novo unicórnio brasileiro, capta US$ 260 milhões

Plataforma de delivery que opera há dez meses no Brasil passa a valer US$ 1,2 bilhão e se propõe a ser uma alternativa sustentável ao iFood e Rappi .

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:

Rodrigo Maroja, Alex Bretzner e Rafael Vasto, fundadores da Daki (Crédito: Divulgação)

Acessibilidade


A Daki, plataforma de mercado e entrega ultrarrápida, anunciou, junto à JOKR, sua segunda rodada de investimentos no valor de US$ 260 milhões passando a valer US$ 1,2 bilhão e a ser classificada como um unicórnio. A rodada foi apoiada por Activant Capital, Balderton, Greycroft, G-Squared, HV Capital, Kaszek, Mirae Asset, Monashees, Moving Capital, Tiger Global e outros.

De acordo com a empresa, os valores serão direcionados para impulsionar a expansão da Daki no Brasil e JOKR na América Latina e Estados Unidos. Lançada em janeiro deste ano, a empresa já conta com mais de 60 lojas entre São Paulo, ABC Paulista, Campinas, Guarulhos, Rio de Janeiro e Niterói.

LEIA TAMBÉM: Investimento em startups brasileiras já é três vezes maior que em 2020

“Essa nova rodada veio para acelerar ainda mais nossa expansão no país e cumprir o nosso objetivo de revolucionar o hábito da população em fazer compras de mercado, tornando o varejo cada vez mais espontâneo e prático. Estou muito orgulhoso do que estamos construindo, do time que montamos e do que já alcançamos.”, comenta Rafael Vasto, CEO e cofundador da Daki.

Para Ralf Wenzel, CEO e um dos fundadores da JOKR, que já opera em 15 cidades pelo mundo com mais de 200 lojas espalhadas, o novo investimento veio em tempo recorde. “O investimento de hoje nos permitirá continuar cumprindo nossa promessa de criar a proposta de compra definitiva. Agradecemos a confiança que nossos incríveis investidores continuam depositando em nós, à medida que concentramos toda a nossa energia em tornar a experiência de compra mais inteligente, rápida e sustentável”, comenta o empreendedor.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Compartilhe esta publicação: