Oculus, da Meta, lidera como aplicativo mais baixado durante o Natal

Device utilizado para interações em Realidade Virtual e Realidade Aumentada foi o principal presente da última semana nos Estados Unidos.

Luiz Gustavo Pacete
Compartilhe esta publicação:

A empresa dona do Oculus foi comprada pelo Facebook há oito anos por US$ 2 bilhões (Crédito: Getty Images)

Acessibilidade


As ações da Meta, controladora do Facebook, caminhavam para seu melhor pregão na noite desta segunda-feira, (27),  após a corretora KeyBanc sinalizar aos analistas que o headset de realidade virtual Oculus foi um presente popular neste final de ano. O aplicativo do Oculus ficou entre as cinco primeiras posições de entretenimento em cinco países diferentes e no top 10 geral dos Estados Unidos em 24 de dezembro, de acordo com a corretora. No dia de Natal, o desempenho foi ainda melhor e o aplicativo liderou o ranking geral dos EUA e esteve nos cinco primeiros lugares de entretenimento em 14 países.

LEIA TAMBÉM: Conheça 4 tecnologias que vão bombar com o metaverso do Facebook

O produto pode ter se beneficiado da escassez de consoles de videogames, segundo a KeyBanc. A ação da Meta subia cerca de 3,6%. O Facebook se transformou em Meta no mês de outubro. A mudança ocorreu no momento em que a plataforma vem investindo no conceito de metaverso. Somente na Europa, por exemplo, serão contratados 10 mil profissionais para o desenvolvimento de tecnologia relacionada. Durante o anúncio de resultados do terceiro trimestre, no início da semana, a empresa confirmou investimentos de US$ 10 bilhões na criação de seu próprio metaverso. E o Oculus é um device importante na interação do metaverso.

A empresa dona do Oculus foi comprada pelo Facebook há oito anos por US$ 2 bilhões.

Compartilhe esta publicação: