Conheça o Grandsphere, novo modelo futurista da Audi

O veículo apresentado pela empresa alemã combina conforto, entretenimento e conectividade, mas ainda não está disponível.

Kyle Edward
Compartilhe esta publicação:
Reprodução
Reprodução

O Audi Grandsphere tem 5,35 de comprimento e direção autônoma de nível 4 (Crédito: Divulgação)

Acessibilidade


A Audi imaginou o conceito Grandsphere como um jato particular para a estrada. O modelo de 5,35 metros de comprimento combina conforto com o luxo de uma viagem particular. O sedan terá direção autônoma de nível 4, com o interior se transformando em uma espaçosa área de estar e o desaparecimento do volante e dos pedais, oferecendo possibilidades quase infinitas aos ocupantes. O Grandsphere é uma prova de conceito cujas tecnologias e características de design serão transmitidas aos futuros veículos Audi.

Espaço, Forma, Função

O coração da Grandsphere é o seu interior. O veículo não tem pilar B, com toda a área se abrindo para o passageiro assim que ele entra. As linhas internas são enfaticamente horizontais, destinadas a criar uma sensação de abertura e amplitude. Essa experiência é enfatizada pelas grandes superfícies de vidro e pela geometria particular das janelas. 

Os displays assumem a forma de projeções nas superfícies de madeira sob o para-brisa. Dependendo do estado de condução, serão distribuídos por toda a largura do interior ou segmentados para o condutor. O Grandsphere se ajustará a usuários individuais, aprendendo suas preferências e dando propostas pessoais, além de completar comandos simples.

Exterior

O projeto Grandsphere parece um GT bem desenhado. O veículo tem saliências curtas, uma área de capô plana e um para-brisa que se projeta para a frente. Suas linhas e formas externas não seguem o design convencional dos veículos elétricos, são características de um GT. As rodas de 23 polegadas citam um ícone dos anos 90: o Audi Avus.

Os faróis parecem estreitos, como olhos focados. As unidades de iluminação formam um cruzamento posicionado diagonalmente, referenciando o logotipo da marca de quatro anéis. As luzes são versáteis o suficiente para que seu tamanho possa ser ajustado de acordo com a função.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O Grandsphere se ajustará a usuários individuais, aprendendo suas preferências e dando propostas pessoais de navegação (Crédito: Divulgação)

Sistema de acionamento e carregamento

O Grandsphere é baseado na Premium Platform Electric concebida exclusivamente para sistemas de acionamento elétrico. O elemento chave é um módulo de bateria que tem uma capacidade de cerca de 120 kwh. O chassi tem benefícios essenciais, como interior longo e maior conforto espacial. O veículo tem dois motores elétricos em cada eixo com uma potência combinada de 530 kW e 960 Nm de torque.

No centro do sistema de acionamento está a estrutura de carregamento de 800 volts. Tecnologia comprovada no e-tron GT que pode ser carregada com até 270 kW em estações de carregamento rápido. Em um carregador rápido, 10 minutos são suficientes para adicionar 300 km de alcance. O veículo tem direção nas rodas traseiras e suspensão pneumática Audi com amortecedores adaptativos. Isso dá ao modelo um elemento de condução dinâmico quando necessário, garantindo também um passeio suave e confortável.

O Grandsphere é baseado na Premium Platform Electric concebida exclusivamente para sistemas de acionamento elétrico (Crédito: Divulgação)

Planos Futuros

Atualmente o veículo não está disponível, pois ainda é um conceito. Mas a Audi planeja fazer uma versão de produção que estará à venda por volta de 2025. O veículo parece posicionado como uma alternativa ao Mercedes EQS e pode ter o mesmo valor de compra ou mais.

Compartilhe esta publicação: