BB prevê alta de 20% nos financiamentos ao agronegócio do país em 21/22

Adriano Machado/Reuters
Adriano Machado/Reuters

Sede do Banco do Brasil em Brasília

O Banco do Brasil, maior financiador da agricultura brasileira, vai destinar R$ 135 bilhões para o agronegócio do país na safra 2021/22, alta de 20% em relação aos valores desembolsados no ciclo atual que está terminado em junho, disse o presidente da instituição bancária, Fausto Ribeiro, durante o lançamento do programa.

Ao lado do presidente Jair Bolsonaro e da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, ele disse que os valores recordes confirmam os compromissos do banco com o setor. Para os produtores pequenos e médios, o banco vai destinar R$ 34 bilhões, afirmou o executivo.

LEIA MAIS: AgroRound: Mosaic lança índice de preços de fertilizantes e outras notícias do agronegócio

O Plano Safra 2021/22, que inclui os recursos do BB e foi divulgado na semana passada pelo Ministério da Agricultura, prevê oferta de R$ 251,2 bilhões para financiamentos da agricultura na próxima temporada, aumento de 6,3% ante o programa governamental do ciclo anterior, e os juros também subirão na esteira de uma alta na taxa básica Selic. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).