Pilot comemora 100º aniversário com edição limitada

Divulgação
Sete modelos decorados com técnicas maki-e fazem parte da coleção, que custa US$ 48 mil

Resumo:

  • Empresa está comemorando seu centenário com o lançamento de uma edição limitada de sete canetas-tinteiro;
  • As artes das canetas remetem à história da empresa, com ilustrações de deuses japoneses;
  • Mestres artesãos em maki-e, técnica do século 8, fizeram uma parceria para desenvolver as artes das canetas-tinteiros.

Fundada no Japão por Ryosuke Namiki e Masao Wada, a Pilot Pen Corporation, batizada de Namiki Manufacturing Company em sua fundação – está comemorando seu centenário com novos produtos que destacam a história da marca por meio de técnicas tradicionais japonesas na decoração.

“Em comemoração ao nosso aniversário de 100 anos, nossos artesãos criaram uma variedade de itens para dar vida à rica herança da Pilot”, diz Ariann Langsam, vice-presidente de marketing de consumo da Pilot Corporation of America. “Cada item de edição especial foi projetado para ser uma verdadeira obra de arte. E cada caneta é habilmente trabalhada por mestres artesãos altamente qualificados nas técnicas tradicionais de trabalho de laca maki-e e chinkin gold. Elas apresentam pontas de ouro 18 quilates e possuem a inscrição ‘100º aniversário’ e uma imagem do Monte Fuji.”

O passado da Pilot incluiu várias dessas canetas lindamente decoradas, muitas das quais foram feitas na fábrica da empresa em Hiratsuka, no Japão.

Maki-e é uma técnica decorativa japonesa desenvolvida no século 8. Nela, a laca úmida é polvilhada com uma variedade de pós metálicos para criar uma decoração particular. “Maki-e”, que significa “imagem borrifada”, exige muitos anos de treinamento para que o profissional chegue a se tornar um mestre. O chinkin gold é um outro estilo decorativo que resulta em um efeito de incrustação de ouro.

“A Pilot fez uma parceria com o aclamado grupo de mestres artesãos maki-e Kokkokai para criar a coleção única Seven Japanese Gods of Good Fortune”, explica Langsam. “Ela inclui sete canetas-tinteiro, cada uma representando um dos sete deuses. Cada caneta-tinteiro é combinada com uma tinta de edição especial com uma cor única que corresponde ao simbolismo de cada divindade.”

Ebisu, por exemplo, é o deus da felicidade e prosperidade e é representado pelo azul claro. Já Daikoku-ten, da riqueza e prosperidade, traduz-se na cor amarela, enquanto Bishamon-ten, da fortuna e vantagem competitiva, no vermelho. Benzai-ten, a deusa da sabedoria, é marcada pelo rosa coral; Fuku-roku-iju, da virtude pessoal, pelo verde; Juro-jim, da longevidade, púrpura; e Hotei-son, da sorte, verde escuro.

Entre os acessórios incluídos no conjunto está uma bandeja de canetas togidashi maki-e, decorada com imagens de uma garça e de uma tartaruga, símbolos da longevidade na cultura japonesa. As canetas, tintas e acessórios estão acomodados em uma caixa decorada com um navio de tesouro retratado em taka maki-e e o Monte Fuji, criado usando a técnica chinkin. A coleção levou um ano para os mestres artesãos desenvolverem e está disponível em edição limitada de apenas 25 estojos ao preço de US$ 48 mil.

“Um dos fundadores da Pilot Corporation foi Ryosuke Namiki, um desenhista que não conseguiu encontrar uma pena de ouro que fosse boa o suficiente para o trabalho que ele estava fazendo, por isso criou a sua”, diz Langsam. “Esse mesmo compromisso com a qualidade, a inovação e a criação de itens funcionais e bonitos está no centro de todo instrumento de escrita da Pilot. Atingir a marca dos 100 anos com tantos produtos entre os mais vendidos é uma prova do apelo duradouro e da importância de escrever à mão.”

Siga a FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).