Fotos inéditas do Nirvana serão leiloadas como NFTs

As imagens foram tiradas em um show da banda de 1991, apenas seis dias após o lançamento de “Nevermind”.

Steve Baltin
Compartilhe esta publicação:
Faith West
Faith West

Os NFTs do Nirvana serão disponibilizados em 20 de fevereiro, no aniversário de 55 anos de Kurt Cobain

Acessibilidade


Em setembro de 1991, mais especificamente no dia 24, uma jovem banda do estado de Washington chamada Nirvana lançou “Nevermind”, sua grande estreia em uma gravadora. Apenas seis dias após o lançamento do álbum, bem antes que alguém soubesse que o disco seria para sempre uma parte da cultura pop, Kurt Cobain, Dave Grohl e Kris Novoselic subiram ao palco no icônico JC Dobbs, na Filadélfia.

Esse show de 1º de outubro agora está sendo comemorado da maneira mais moderna possível: com NFTs exclusivos de fotos tiradas naquela noite pelo fotógrafo Faith West. Os NFTs estarão disponíveis em 20 de fevereiro para comemorar o aniversário de 55 anos de Cobain, através da Pop Legendz, uma empresa fundada por West.

VEJA TAMBÉM: Neymar desembolsa R$ 6 milhões e entra no mundo dos NFTs

Um comunicado de imprensa explicou a disponibilidade e preços futuros. “Quatro NFTs únicos e exclusivos, feitos a partir de 10 imagens nunca antes vistas, foram selecionados para serem vendidos, em estilo de leilão, com lances a partir de 67 Ethereum (atualmente avaliados em US$ 250 mil). Os compradores também receberão uma impressão fine-art emoldurada de uma das imagens, assinada pelo fotógrafo. Além disso, essas 10 fotos serão leiloadas individualmente como NFTs, tanto em preto e branco quanto em versões coloridas lavadas em ácido.”

Versão colorida lavada em ácido

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Há outra opção disponível para os fãs da banda. “200 sortudos do Nirvana terão a possibilidade de comprar 14 obras de arte como NFTs, criados a partir de três imagens, a US$ 499 cada, mais 100 cópias de cada uma das 21 imagens estáticas serão vendidas por US$ 99 cada, em preto e branco ou colorido.”

Mais importante: 50% de todas as receitas de ambas as vendas beneficiam o The Trevor Project, uma organização sem fins lucrativos que ajuda jovens LGBTQ+ em risco para prevenir suicídios. E parte do restante dos rendimentos beneficiará a Grid Alternatives, que leva energia solar para famílias trabalhadoras pobres; o combate às mudanças climáticas e à desigualdade de renda.

Imagine que é 1º de outubro de 1991 e você entra em um barzinho com capacidade para 200 pessoas, no máximo. O tipo de lugar onde você se torna o melhor amigo de quem está ao seu lado, porque não há escolha. E nesta noite, você está vendo uma dupla de heróis punk tocar: os Melvins e o Nirvana.

VEJA TAMBÉM: Como as marcas de luxo podem ganhar dinheiro no metaverso?

Você sabe muito pouco sobre o Nirvana, mas se estava no bar esta noite, pode ter ouvido sua estreia no Sub Pop, “Bleach”. Mas dado que “Nevermind” só saiu uma semana antes, é provável que você ainda não tenha ouvido “Smells Like Teen Spirit”, “Lithium”, “Come As You Are” ou qualquer uma das músicas que ainda estariam dominando as rádios alternativas décadas depois.

As fotos de West levam você a J.C. Dobbs naquela mesma noite e mostram como era ver a banda como eles eram na época – jovens, famintos e inconscientes do estrelato que os esperava.

Compartilhe esta publicação: