Dolce & Gabbana adota linha futurística em Milão

A marca anunciou que não lançaria mais casacos de pele em coleções, acompanhando a preferência dos consumidores jovens .

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images/ Victor Boyko
Getty Images/ Victor Boyko

Ombros exagerados, mangas volumosas, calças de uma perna só e óculos de sol assimétricos dominaram o desfile da Dolce & Gabbana.

Acessibilidade


De grandes óculos de sol a jaquetas brilhantes com mangas enormes, a casa de moda italiana Dolce & Gabbana apresentou hoje (26) uma variedade de looks futurísticos para os guarda-roupas femininos de inverno na Semana de Moda de Milão.

Os designers Domenico Dolce e Stefano Gabbana apresentaram looks totalmente pretos no geral, que brincam com as formas. Ombros exagerados, mangas volumosas, calças de uma perna só e óculos de sol assimétricos.

Getty Images/ Victor Boyko
Getty Images/ Victor Boyko

Futurismo vintage: ombreiras levadas ao extremo por Dolce & Gabbana

As modelos usaram blusas transparentes, vestidos e leggings, casacos e tops com capuzes transformados e blazers, ou vestidos de casacos com meia-calça.

Pinceladas de cores brilhantes apareceram em bodysuits usados com vestidos pretos com fitas que desciam pela perna ou pescoço, jaquetas abotoadas em rosa, laranja e amarelo, e casacos de pele xadrez ou rosa chiclete, acompanhado por chapéus e botas que combinavam.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Getty Images/ Victor Boyko
Getty Images/ Victor Boyko

Algumas peças brilhantes quebraram a temática predominantemente monocromática em preto.

No mês passado, a Dolce & Gabbana disse que pararia de usar casacos de pele em coleções, favorecendo roupas e acessórios ecológicos. Foi a primeira marca a adotar a mudança, em meio a uma transição de preferência dos consumidores mais jovens e conscientes em relação ao meio-ambiente.

Blusas soltas com logotipos apresentaram looks mais descontraídos. Outros designs optaram pelo brilho: roupas douradas ou prata, vestidos e casacos vermelhos e vestidos brilhantes transparentes.

Veja também: Como a Dolce & Gabbana redefiniu o luxo millennial

A Versace mostrou calças cargo largas e vestidos com espartilhos em seu desfile na noite de ontem (25), apresentando uma coleção outono/inverno que brincou com contrastes.

A designer Donatella Versace abriu o desfile com um terninho preto, antes de apresentar espartilhos de cetim em roxo, limão, rosa, creme ou xadrez, usados com blusas ou adornando vestidos justos, como corpetes. Às vezes até as jaquetas puffer tinham essa forma.

Getty Images/ Daniele Venturelli
Getty Images/ Daniele Venturelli

A designer Donatella Versace (foto) fechou o desfile com um vestido colado de látex preto.

As modelos usaram leggings de látex, calças listradas ou calças cargo. Também havia minissaias, camisetas estampadas e tops de correntes coloridas e brilhantes. Grandes estampas xadrez adornavam jaquetas e saias.

“Esta coleção é construída sobre o contraste e a tensão – como um elástico que é puxado está prestes a voltar com a energia que foi acumulada”, disse Donatella Versace. “Esse sentimento é simplesmente irresistível para mim. Abre novas possibilidades e faz as coisas acontecerem.”

Getty Images/ Daniele Venturelli
Getty Images/ Daniele Venturelli

Contraste e tensão: Versace mistura street da jaqueta puffer com sofisticação.

A Versace também apimentou sua linha com jeans, apresentando peças largas e minissaias.

A Semana de Moda de Milão termina na segunda-feira (28).

Compartilhe esta publicação: