O que fazer em Paris: um dia na capital francesa

Cidade oferece ótimos programas, que combinam perfeitamente bem com sua paisagem urbana e sofisticada do século XIX

Flavia Lafer
Compartilhe esta publicação:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Um dia em Paris tem almoço no Café de L’Époque

Acessibilidade


Paris está cheia de novidades nessa primavera. Capital da França e centro mundial de arte, moda, gastronomia e cultura, a cidade reserva dezenas de ótimos programas, que combinam perfeitamente bem com sua paisagem urbana e sofisticada do século XIX, cortada por avenidas largas e pelo rio Sena. A seguir uma lista de novas atrações que deixam a cidade ainda mais fervida e iluminada.

Leia mais: O que fazer em Londres: um dia na capital britânica

7:00 – Café parisiense

Comece o dia com um café e um croissant em um endereço tipicamente parisiense. Perfeito também para almoços rápidos, na Rue Bretagne, essa brasserie oferece clássicos da gastronomia francesa e é certamente um dos hotspots mais descolados da cidade. O endereço não é uma novidade, mais é um programa certeiro, porque reúne gente interessante e une o útil ao agradável.

9:00 – Alta moda

La Galerie Dior

Para quem gosta de moda, a dica é um passeio lúdico pelo novo museu da Maison Dior, que conta exposições com recursos modernos e interativos a possibilidade de encontrar costureiras do ateliê de alta costura, explicando e mostrando como são feitas técnicas manuais e centenárias que constroem os vestidos.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

La Galerie Dior

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

12:00 – Acervo em exibição

Bourse de Commerce

O novo museu da cidade passou três anos em reforma e agora virou um centro de exposições da coleção de François Pinault, presidente da holding Kering. Antiga bolsa de valores e um prédio original de 1767, o edifício acaba acaba de passar por um reforma, comandada pelo genial arquiteto japonês Tadao Ando, para abrigar a coleção privada de Pinault, com exposições temporárias e instalações itinerantes. Imperdível!

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Bourse de Commerce

15:00 – Plat du jour

Café De L’Epoque

Localizado de um pela lado Galerie Vero-Dodat, do outro pelo Ministério da Cultura, pertinho do Louvre, esse café (que na verdade é um restaurante) foi fundado em 1826 e segue como um dos mais concorridos e legais. No menu, há entradas típicas como o foie gras de canard (18.00€) e escargots (14.00€), tartares, cuisse e massas, e de sobremesa profiteroles e um creme de caramelo. Essa é uma boa opção na Rive Droite para o Cafe Flore, que fica do outro lado do rio.

17:00 – Perfume francês

Officine Universelle Buly

Conhecida como a perfumaria mais elegante de Paris, a marca fundada em 1803, funciona como um túnel do tempo que transporta os clientes diretamente para as farmácias do Sécula 19, tanto pela decoraçnao da loja quanto pelo visual dos frascos e embalagens. Tudo de muito bom gosto. Não à toa, a marca foi comprada pelo grupo LVMH, o conglomerado de luxo mais poderoso da Europa.

Foto: Dilvulgação
Foto: Dilvulgação

Officine Universelle Buly

20:00 – História renovada

L’Hôtel de la Marine

Antigo guarda moveis da coroa que foi ocupado pela Marinha até 2015, quando o centro de monumentos nacional da França assumiu o patrimônio para restaurá-lo. Agora, ele acaba de ser aberto para visitação. O lugar tem lastro, parece um mini palácio de Versailles, em plena Place de la Concorde. Estão disponíveis dois tipos de visitações, um circuito curto que dá acesso aos salões, e um circuito histórico com passagem pelos quartos para uma imersão no século XVIII. Ótimo lugar para um café ou um drink no fim da tarde.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

L’Hôtel de La Marine

Artigo publicado na edição 97 da revista Forbes, em maio de 2022

Compartilhe esta publicação: