13 melhores filmes sobres negócios e carreira

Na vida real, há inúmeros obstáculos que sempre aparecem e fazem parte do desafio de ser um empreendedor.

Compartilhe esta publicação:

Eric Ries, empreendedor e autor do movimento Lean Startup (um novo modelo de negócios para as startups aprenderem a direcionar seus lucros para o lugar certo), gosta de usar filmes em suas palestras e textos por serem de fácil identificação e didáticos. Mas acaba sendo encontrando obstáculos ao falar de negócios e carreira: os filmes nunca são realistas.

Acessibilidade


Ries descreve o pensamento de Hollywood sobre empreendedorismo em três atos: o personagem tem uma ideia brilhante; o personagem sofre para criar, desenvolver e seguir com sua ideia; a ideia dá certo e salva milhões (de pessoas ou de dólares).

Na vida real, a parte em que o protagonista luta para conseguir concretizar algo pode demorar até anos. Há inúmeros obstáculos que sempre aparecem e fazem parte do desafio de ser um empreendedor. “Mas quem gostaria de ver um filme sobre minha discussão de sete horas com meu sócio?”, completa Ries.

Como garantir que as pessoas não criem expectativas e imagens erradas sobre potenciais carreiras ou algum negócio? Prepare seu balde de pipoca e um caderninho para anotações porque estes filmes têm muito a lhe ensinar.

Veja na galeria de fotos um apanhando dos 13 melhores filmes sobres negócios e carreira:

  • "Amor Sem Escalas" (2009)

    Um funcionário do RH passa virtualmente todo o seu tempo viajando à trabalho. Este é um ótimo filme para saber como sua vida será daqui 20 anos caso a carreira seja sua única prioridade.

    Inscreva-se para receber a nossa newsletter
    Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
  • "The Reluctant Fundamentalist" (2012)

    (“O Fundamentalista Relutante”, em tradução livre)
    Drama sobre um jovem paquistanês que quer fazer carreira em Wall Street.

  • "O Método" (2005)

    Filme espanhol sobre uma entrevista de emprego; retrata brutal e realisticamente as politicas corporativas.

  • "Doze Homens e uma Sentença" (1957)

    Clássico do cinema, o filme inteiro se passa dentro de uma única sala onde um homem tenta convencer todo o júri a mudar a sentença de um criminal. Logicamente, há lições valiosas de persuasão para aprender com ele.

  • "Margin Call – O Dia Antes do Fim" (2011)

    Ótimo filme sobre a crise financeira de 2008 que retrata bem tanto o lado das grandes empresas quanto de seus acionistas em Wall Street.

  • "Julie & Julia" (2009)

    Um “documentário” sobre Julia Child, uma empreendedora pioneira para as mulheres. É também um dos poucos filmes em Hollywood que retrata um casamento feliz com veracidade. Ter uma relação pessoal forte dentro de casa torna comandar uma empresa muito mais fácil.

  • "Jerry Maguire – A Grande Virada" (1996)

    O filme conta a história deum agente esportivo que cai em desgraça e que acaba por manter apenas um cliente, um famoso e problemático jogador de futebol americano.

  • "O Jogo da Imitação" (2014)

    O filme é uma cinebiografia de Alan Turing, brilhante matemático que ajudou a quebrar um código durante a Segunda Guerra Mundial, mas que não sabia como lidar com pessoas.

  • "Sucesso a Qualquer Preço" (1992)

    Ótimo filme que ensina muito sobre vendas.

  • "Não Sei Como Ela Consegue" (2011)

    Mulher deixa balancear trabalho, casa e filhos. Quando ela e o marido conseguem boas promoções, precisam se virar para dar conta de tudo.

  • "O Diabo Veste Prada" (2006)

    Jovem se muda para Nova York e acaba trabalhando para uma das maiores e mais temidas editoras fashion do mundo.

  • "A Grande Virada" (2010)

    Empregados de uma grande empresa são demitidos e precisar reavaliar suas vidas.

  • "O Primeiro Milhão" (2000)

    Novatos aprendem como vender ações. Um insight poderoso sobre como essas vendas e a ganância humana funcionam.

"Amor Sem Escalas" (2009)

Um funcionário do RH passa virtualmente todo o seu tempo viajando à trabalho. Este é um ótimo filme para saber como sua vida será daqui 20 anos caso a carreira seja sua única prioridade.

Compartilhe esta publicação: