Conheça seis iate clubes fantásticos

Getty Images
O Iate Clube do Rio de Janeiro (ICRJ) tem convênio com 30 clubes dentro e fora do Brasil

Os bons iate clubes espalhados pelo mundo têm características únicas, um calendário de eventos sociais agitados e torneios que movimentam os habitués entre um porto e outro.

LEIA MAIS: Os maiores super iates de 2018

O comodoro (oficial da marinha) do Iate Clube do Rio de Janeiro (ICRJ), Vicente Arruda, foi nosso “consultor” na escolha de alguns dos melhores iate clubes do planeta. Chegamos a seis opções que se destacam por sua localização, pela exclusividade e pelo alto nível de serviços. “Ao escolher se associar a um iate clube, o que já é um privilégio, é comum buscar um que tenha toda a estrutura à beira-mar e um nível excepcional de qualidade”, comenta Arruda.

Outro atrativo que muitos deles oferecem é o intercâmbio que seus sócios podem fazer com iate clubes parceiros, nos quais podem transitar livremente e usufruir de toda a estrutura. O ICRJ, por exemplo, tem convênio com 30 clubes dentro e fora do Brasil.

Conheça, na galeria de fotos a seguir, alguns dos melhores iate clubes do mundo:

  • Reial Club Marítim de Barcelona (Espanha)

    É um dos mais antigos clubes da Espanha, fundado em 1902. Sua localização é privilegiada: no fim da famosa via La
    Rambla, próximo ao Museu Marítimo e ao Aquário.

  • Reial Club Marítim de Barcelona (Espanha)

    Ao visitá-lo, não deixe de conhecer o restaurante Marítim, especializado em frutos do mar e que tem vista impressionante para a marina. O restô tem um ambiente interno aconchegante, mas a recomendação é procurar um lugar nos lounges do deck, que passaram por reforma recente e são superdisputados durante a alta temporada. O espaço também pode ser reservado para eventos particulares.

  • Reial Club Marítim de Barcelona (Espanha)

    No mar, os esportes mais praticados no clube são o remo e o velejo, e é possível agendar aulas particulares ou em grupo. Em terra, a estrutura da sede conta com uma ampla biblioteca, piscina com simulador de remo, piscina externa, academia de ginástica e cafeteria.

  • Iate Clube do Rio de Janeiro (RJ)

    Fica no bairro da Urca, zona sul do Rio. Com 98 anos de existência, é um dos principais iate clubes voltados à prática de esportes marítimos do país.

  • Iate Clube do Rio de Janeiro (RJ)

    No passado tinha também um aeroporto, com hangares para aviões particulares – atualmente são usados para abrigar barcos, lanchas e iates. A alta sociedade carioca é habitué do local, que soma cerca de 3 mil sócios. Sua estrutura compreende ainda cinema, teatro, salas de jogos, spa e salão social. Além da capital, tem subsedes em Cabo Frio e Angra dos Reis.

  • Club de Mar Puerto Calero, Ilha de Lanzarote (Espanha)

    É um clube tranquilo e extremamente confortável, com jardins e lounges espaçosos para relaxar após os passeios marítimos. Todos os serviços necessários para a embarcação e seus tripulantes estão à disposição dos frequentadores, incluindo uma estrutura completa para reparos navais. A marina tem capacidade para 446 embarcações e travel lift (veículo que transporta as embarcações) com capacidade para 100 toneladas. Bem próximo do local, a oferta de hotéis de alto padrão é variada, caso a intenção seja passar a noite em terra firme. São diversos restaurantes de alta gastronomia e boas lojas à beira-mar.

  • Royal Hong Kong Yacht Club, Hong Kong (China)

    Foi fundado em 1849, quando recebeu o nome de Victoria Regatta Club. Depois de 44 anos, foi rebatizado para Royal Hong Kong Yacht Club. Os primeiros membros eram britânicos e, até 1950, só europeus eram aceitos como sócios (até 1977, só podia ser frequentado por homens). Tem sua sede na Ilha Kellet, de onde é possível avistar o famoso skyline de Hong Kong, com seus arranha-céus e sua profusão de luzes. Além dos tradicionais torneios de barco a vela, o clube também é palco de festas exuberantes. Todo mês de novembro acontece o Regatta Ball, o baile black-tie que tem fundos angariados para a instituição de caridade mantida pelo clube.

  • Iate Clube de Santos (SP)

    Em 2008, sua sede foi transferida para um palacete no bairro paulistano de Higienópolis que pertenceu a Jorge da Silva Prado, primeiro comodoro da instituição, fundada em 1947. No local, também conhecido como Espaço Iate, são realizados grandes eventos sociais.

  • Iate Clube de Santos (SP)

    Descendo a serra, o Iate Clube de Santos tem subsedes no Guarujá, em Ilhabela, Paraty e Angra dos Reis.

  • Yacht Club de Monaco (Mônaco)

    Talvez o mais mítico dos iate clubes que existem e existiram, tanto pela beleza do lugar como pela megaestrutura e a quantidade impressionante de enormes e belíssimas embarcações atracadas na baía de Mônaco.

  • Yacht Club de Monaco (Mônaco)

    Foi fundado pelo príncipe Rainier em 1953 e desde 1984 está sob o comando do príncipe Albert II. São mais de 2 mil membros de 66 nacionalidades.

  • Yacht Club de Monaco (Mônaco)

    A sede foi reinaugurada em 2014, com projeto idealizado pelo arquiteto Norman Foster. O calendário de eventos é frenético, com eventos sociais de gala que incluem as festas de Natal e Ano Novo, exclusivas aos sócios.

Reial Club Marítim de Barcelona (Espanha)

É um dos mais antigos clubes da Espanha, fundado em 1902. Sua localização é privilegiada: no fim da famosa via La
Rambla, próximo ao Museu Marítimo e ao Aquário.

Reportagem publicada na edição 64, lançada em janeiro de 2019

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).