Lucro do Bradesco sobe 19,6% no 3º tri, para R$ 6,5 bi

Resultado do Bradesco no terceiro trimestre está acima das expectativas dos analistas

O Bradesco, segundo maior banco privado brasileiro, divulgou hoje (31) um lucro líquido recorrente no terceiro trimestre, em linha com as expectativas, depois de registrar fortes resultados com seguros e crescimento dos empréstimos ao consumidor.

LEIA MAIS: Morre aos 93 anos, Lázaro Brandão, ex-presidente do Bradesco

O lucro recorrente do Bradesco foi de R$ 6,542 bilhões no terceiro trimestre, um aumento de 19,6% em relação ao ano anterior e praticamente em linha com a estimativa dos analistas de R$ 6,417 bilhões, compilada pela Refinitiv.

A Bradesco Seguros, unidade de seguros do banco, registrou um resultado 7,5% maior em relação ao ano anterior, impulsionado pelos planos de previdência.

A carteira de crédito do Bradesco cresceu 3,2% no trimestre ante o período anterior, principalmente por conta de empréstimos ao consumidor e a pequenas empresas.

O índice de inadimplência acima de 90 dias também subiu 0,4%, para 3,6%, mas o banco diz que a alta se deu por problemas pontuais com empréstimos corporativos.

VEJA TAMBÉM: Bradesco lança PDV na segunda-feira

As provisões para perdas com empréstimos também aumentaram 4,3% em relação ao segundo trimestre.

Ainda assim, o resultado da intermediação financeira atingiu R$ 11,437 bilhões.

O retorno sobre o patrimônio líquido do banco ficou em 20,2%, uma queda de 0,4% em relação ao trimestre anterior.

A receita de tarifas continuou sob maior pressão da concorrência entre instituições financeiras, principalmente em cartões e gestão de ativos. O crescimento foi de 3,7% no trimestre, mas no ano o aumento foi de 2,5%, ainda abaixo da expectativa do Bradesco de obter uma expansão entre 3% a 7% em 2019.

O CEO Octavio de Lazari Junior discutirá os resultados do Bradesco nesta quinta-feira com analistas e jornalistas.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).