Alibaba movimenta até US$12,9 bi em oferta de ações histórica em Hong Kong

Reuters
A oferta realizada pelo Alibaba Group será vista como um impulso para Hong Kong, após a intensa onda de protestos contra o governo e seu recente deslize para a recessão

O gigante chinês do comércio eletrônico Alibaba Group movimentou até US$ 12,9 bilhões em uma oferta de ações histórica em Hong Kong, a maior da cidade em nove anos e um recorde mundial de venda secundária de ações transnacional.

O acordo será visto como um impulso para Hong Kong, após mais de cinco meses de protestos contra o governo e seu recente deslize para sua primeira recessão em uma década.

VEJA MAIS: Alibaba tenta captar US$ 13,4 bi com oferta de ações em Hong Kong

O Alibaba disse em comunicado que havia cotado as ações em 176 dólares de Hong Kong (US$ 22,49) cada uma, um desconto de 2,9% em relação ao preço de fechamento em Nova York.

O preço significa que a oferta movimentou pelo menos 88 bilhões de dólares de Hong Kong (US$ 11,3 bilhões), um total simbólico porque o número 8 está associado à prosperidade e boa sorte na cultura chinesa.

A Alibaba também escolheu o código de ações 9988 para sua listagem, que combina dois dos números vistos como os que têm mais sorte, simbolizando uma prosperidade duradoura.

O total movimentado com o negócio pode chegar a US$ 12,9 bilhões, se exercida a opção de lote suplementar ‘greenshoe’.

As ações da Alibaba fecharam em Nova York ontem (19) a US$ 185,25. Uma das American Depositary Shares (ADS) listadas na Alibaba em Nova York vale oito de suas ações de Hong Kong.

Enquanto o desconto no último fechamento da Alibaba foi fixado em 2,9%, os analistas observaram que o preço representava um desconto de 3,7% em relação ao preço das ações da Alibaba em 12 de novembro – um dia antes do lançamento do negócio.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).