Bitcoin despenca mais de 20% com pânico do mercado

ReutersDado-Ruvic
Outras criptomoedas, que costumam acompanhar a bitcoin, também registravam fortes quedas

O bitcoin despencava hoje (12) em meio a uma volatilidade intensa nos mercados de criptomoedas disparada por venda generalizada de ativos diante de temores de que os efeitos da pandemia de coronavírus persistam.

A mais importante moeda digital do mundo despencou 25% mais cedo e às 11h52 (horário de Brasília) mostrava queda de 23,1%, a US$ 6.100, rumando para a maior perda diária em cinco anos.

O bitcoin acumulou perda de mais de 30% nos últimos cinco dias, superando perdas acentuadas de ativos como petróleo e ações.

VEJA MAIS: Guedes diz que governo busca acordo para destinar R$ 10 bilhões a combate a coronavírus

“Estamos vendo movimento de fuga do risco em todos os mercados”, disse Jamie Farquhar, gestor de portfólio na empresa de criptomoeadas NKB. “Bitcoin certamente não é imune a isso.”

Outras criptomoedas, que costumam acompanhar a bitcoin, também registravam fortes quedas.

A segunda mais importante moeda digital, ethereum, recuava 28%, enquanto a XRP, usada pelo sistema de pagamentos Ripple, afundava cerca de 21%.

A queda generalizada acontece depois que a bitcoin acumulou nas primeiras seis semanas deste ano valorização de quase 50%, uma vez que investidores acreditavam em uma combinação de fatores intrínsecos ao próprio código de programação da moeda e expectativas de aceitação ampla.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).