Chairman do Santander de Portugal morre de coronavírus, diz jornal

rafael marchate/reuters
Vieira Monteiro, de 73 anos, assumiu a presidência do conselho do Santander Totta em 2019

O presidente do conselho administrativo da unidade portuguesa do Santander, António Vieira Monteiro, morreu de coronavírus hoje (18), se tornando a segunda vítima da doença em Portugal, informou o jornal português “Expresso”.

Vieira Monteiro, de 73 anos, assumiu a presidência do conselho do Santander Totta em 2019, após sete anos como presidente-executivo.

VEJA TAMBÉM: Primeira pessoa recebe vacina experimental contra coronavírus em Seattle

Um porta-voz do Santander confirmou que Vieira Monteiro havia morrido, mas não quis dizer se era em decorrência de coronavírus.

O “Jornal Económico” disse que Vieira Monteiro foi colocado em quarentena no início deste mês após uma viagem à Itália, e estava em tratamento intensivo em um hospital de Lisboa desde a semana passada.

Portugal registrou 448 casos confirmados de coronavírus, muito abaixo dos 11.178 da vizinha Espanha.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).