Starbucks vê queda de 47% nos lucros do 2º tri com pandemia

ReutersEduardo-Munoz
Em igual período do ano passado, a empresa teve lucro de US$ 0,53 por ação

A Starbucks projetou hoje (8) uma queda de 47% nos lucros no segundo trimestre, abandonando suas estimativas para o ano completo e alertando que os impactos financeiros da pandemia de coronavírus devem se estender até o último trimestre de 2020.

A empresa também disse que vai suspender temporariamente seu programa de recompra de ações, além de tomar medidas para cortes de custos, embora tenha decidido manter o pagamento de dividendos no trimestre.

LEIA MAIS: iFood se junta à Delivery Hero para conquistar mercado colombiano de delivery

A Starbucks afirmou que espera agora registrar lucro de cerca de US$ 0,28 por ação no segundo trimestre, refletindo o impacto das vendas perdidas no período e dos custos mais altos. Em igual período do ano passado, a empresa teve lucro de US$ 0,53 por ação.

A maior rede de cafés do mundo disse que as vendas nas lojas dos Estados Unidos começaram a recuar em 12 de março, e que desde então pioraram constantemente.

A empresa afirmou ainda que as receitas na China passaram por uma queda de US$ 400 milhões em relação às expectativas, com um declínio de 50% nas vendas por lojas no trimestre encerrado em março.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).