20 melhores destinos de viagem para mulheres

Getty Images
Pela primeira vez, Airbnb apresenta os lugares mais populares entre as turistas

Viajar sozinho tem se tornado uma tendência, especialmente entre viajantes mulheres. Estima-se que 32 milhões de norte-americanas viajam sozinhas a cada ano, segundo dados da Travel Industry Association, organização sem fins lucrativos do setor de turismo dos Estados Unidos. Um novo estudo conduzido pela companhia aérea British Airways, intitulado “Global Solo Travel Study”, mostra que quase 50% das mulheres ao redor do mundo saem de férias sozinhas, enquanto 75% delas têm planos de fazer uma viagem a sós nos próximos anos. Afinal, aonde elas estão indo? Em razão do Dia Internacional da Mulher, lembrado hoje (8), o Airbnb divulgou, pela primeira vez, um relatório dos melhores destinos para os quais mulheres estão viajando em 2019. A lista foi veiculada exclusivamente na coluna “Transformative Travel”, no site da Forbes.

LEIA MAIS: Mulheres mais poderosas do Brasil são destaque na Forbes

“Viajar sozinho tem ficado cada vez mais popular, e pesquisas mostram que mulheres têm uma tendência maior do que homens de viajar sem companhia e são mais propensas a experimentar coisas novas e fugir de pontos turísticos famosos”, afirma Ali Killam, porta-voz de tendências de consumo do Airbnb.

A lista foi dividida em duas: uma com os lugares mais populares entre viajantes dos EUA e outra com destinos ao redor do mundo. O ranking toma como base as reservas de viajantes na plataforma do Airbnb, levando em conta desde locais para se hospedar até experiências.

Entre os destinos norte-americanos, a cidade de Los Angeles, na Califórnia, é a primeira colocada. “Los Angeles tem sido um ponto turístico popular ao longo dos anos entre as viajantes”, diz Ali, que atribui a popularidade da cidade à sua variedade de experiências e acomodações. Em 2018, o Airbnb Experiências também expandiu significativamente em toda a Califórnia, oferecendo atividades artesanais lideradas por especialistas locais. “O setor está criando novas oportunidades econômicas para moradores da Califórnia, permitindo-lhes demonstrar seus talentos e ganhar dinheiro com eles”, acrescenta.

Já no ranking internacional, a cidade de Paris está no topo, sendo também a segunda mais popular entre viajantes norte-americanas. “Paris é uma daquelas cidades que estão na lista de desejos da maioria das pessoas”, comenta a porta-voz. Segundo ela, a cidade está ainda mais popular neste ano. “A Copa do Mundo Feminina da FIFA acontecerá na França, e Paris será uma das cidades-sede. Além disso, em 2019, o Palais Galliera se tornará o primeiro museu de moda permanente na França, graças ao apoio da Chanel.”

Além dos destinos populares, a Airbnb descobriu que, a cada ano, viajantes do sexo feminino têm reservado duas vezes mais experiências do que turistas do sexo masculino. “Analisando as reservas unitárias de mulheres, descobrimos que as elas são mais atraídas pela história moderna e pela conscientização por meio de atividades como fazer compras com um estilista antropólogo, aprender boxe com um campeão mundial ou tecer uma tapeçaria com artes zen”, explica Ali.

VEJA TAMBÉM: Mulheres em Hollywood têm ganhos em relação à equidade

Coincidentemente, a maioria das hospedagens do Airbnb é administrada por mulheres. Nos EUA, 55,87% das acomodações têm mulheres como anfitriãs, com uma porcentagem que cresce em média 12,40% ano a ano. Ao redor do globo, as mulheres também representam a maioria dos anfitriões em lugares como a Austrália (61,33%), a Europa (53,8%), a América Latina (51,89%) e a Ásia (50,51%). E o número de mulheres anfitriãs também está crescendo pelo mundo: 33,32% na Ásia, 27,61% na América Latina, 24,55% na Austrália e 12,16% na Europa.

“O que as tendências dizem sobre as mulheres é que não estamos à espera de ninguém para seguir nossos sonhos”, diz Jessica Nabongo, escritora, empreendedora e viajante que colabora com a Airbnb em vários projetos e está em uma missão para se tornar a primeira mulher negra a visitar todos os países do mundo.

Veja, abaixo, os melhores destinos para mulheres viajarem em 2019:

Melhores destinos para mulheres nos Estados Unidos

Los Angeles, Califórnia (EUA)

Nashville, Tennessee (EUA)

Nova Orleans, Louisiana (EUA)

San Diego, Califórnia (EUA)

Austin, Texas (EUA)

Nova York, Nova York (EUA)

Paris, França

Seattle, Washington (EUA)

Chicago, Illinois (EUA)

Portland, Oregon (EUA)

Brooklyn, Nova York (EUA)

Las Vegas, Nevada (EUA)

Denver, Colorado (EUA)

Roma, Itália

Kissimmee, Flórida (EUA)

Washington, D.C. (EUA)

Atlanta, Geórgia (EUA)

Londres, Inglaterra

Philadelphia, Pennsylvania (EUA)

Boston, Massachusetts (EUA)

E MAIS: 12 coisas que mulheres emocionalmente fortes não fazem

Melhores destinos para mulheres ao redor do mundo

Paris, França

Londres, Inglaterra

Los Angeles, Califórnia

Roma, Itália

Barcelona, Espanha

Lisboa, Portugal

Seul, Coreia

Tóquio, Japão

Madri, Espanha

Osaka, Japão

Nova York, Nova York (EUA)

Toronto, Canadá

Praga, República Tcheca

Budapeste, Hungria

Nashville, Tennessee (EUA)

Brooklyn, Nova York (EUA)

Sydney, Austrália

Montreal, Canadá

Taipei, Taiwan

Edinburgh, Escócia

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).