Bangkok é a cidade mais visitada do mundo

gettyimages/Stamp
Bangkok despontou em primeiro com 22 milhões de turistas internacionais no total

Resumo: 

    • O Índice de Destinos Globais publicado pela Mastercard classifica as 20 cidades com maior número de visitantes internacionais do mundo;
    • Pelo quarto ano consecutivo, Bangkok lidera o ranking; 
    • A lista também mostra as cidades em que mais dólares foram gastos ao longo do ano e no dia a dia.

A Mastercard lançou seu Índice de Destinos Globais, que classifica as 20 cidades com o maior número de visitantes internacionais de todo o mundo. A lista é baseada na análise de gastos e números de turistas a partir das emissões de cartões de crédito. Os resultados, que incluem informações sobre as cidades mais visitadas e hábitos de consumo dos consumidores, são reveladores.

Pelo quarto ano consecutivo, Bangkok lidera o índice, com 22 milhões de turistas internacionais no total. Na sequência, vêm Paris e Londres, cada um com cerca de 19 milhões de hóspedes internacionais que passam pelo menos uma noite no local.

Todas as cidades entre as dez principais receberam mais visitantes do que no ano passado, exceto Londres, que teve uma queda de 4%. A previsão para 2019 também é de crescimento, com Tóquio experimentando o maior aumento como resultado de sediar a Olimpíada em 2020.

O relatório também analisou os últimos dez anos de dados e mostra outras tendências interessantes. Primeiro, o crescimento das viagens internacionais têm sido consistente, com um aumento de 6,5% na comparação com 2009. Além disso, os gastos nas viagens cresceram em média 7,4% ao ano.

VEJA TAMBÉM: As 10 rotas aéreas mais lucrativas do mundo

Apesar da crescente popularidade de cidades menores, as principais metrópoles mantiveram seu domínio na lista e os dez principais destinos permaneceram consistentes na última década. Bangkok, Londres e Paris são as três principais cidades todos os anos desde 2010, com Bangkok protagonizando a primeira colocação em seis das sete pesquisas. Nova York também é parte da lista dos 10 melhores, com 13,6 milhões de visitantes em 2018.

O Brasil não tem nenhuma cidade na lista dos 20 destinos globais, mas é um dos países em que as pessoas mais viajam, ocupando o 17º lugar no ranking de viajantes, sendo que os principais destinos são Miami, Orlando e Nova York, todos nos Estados Unidos.

Já as cidades da região Ásia-Pacífico tiveram o maior aumento de visitantes internacionais desde 2009, com uma média de crescimento de 9,4%. Em comparação, a Europa, que ficou em segundo lugar, cresceu apenas 5,5%. A Mastercard atribui esse crescimento principalmente à explosão de viajantes da China continental -o país saltou do oitavo lugar para o segundo entre os países de onde saem mais viajantes. O único país com mais turistas foi os EUA.

Veja na galeria a seguir a lista das dez cidades mais visitadas do mundo em 2018:

  • 10 – Antalya (Turquia):

    12,41 milhões

  • 9 – Tóquio:

    12,93 milhões

  • 8 – Istanbul:

    13,4 milhões

  • 7 – Nova York:

    13,6 milhões

  • 6 – Kuala Lumpur:

    13,79 milhões

  • 5 – Singapura:

    14,67 milhões

  • 4 – Dubai:

    15,93 milhões

  • 3 – Londres:

    19,09 milhões

  • 2 – Paris:

    19,1 milhões

  • 1 – Bangkok:

    22,78 milhões

10 – Antalya (Turquia):

12,41 milhões

Os viajantes passaram, em média, mais noites em Antalya (14) seguida por Nova York ,com 7,9 noites; Londres e Istambul, com 5,8 noites; e Kuala Lumpur, com 5,7 noites.

Quanto aos dólares gastos ao longo do ano e por dia, veja o top 10:

1 – Dubai: US$ 30,82 bilhões, US$ 553 por dia

2 – Makkah (Mecca), Arábia Saudita: US$ 20,09 bilhões, US$ 135 por dia

3 – Bangkok: US$ 20,03 bilhões, US$ 184 por dia

4 – Singapura: US$ 16,56 bilhões, US$ 272 por dia

5 – Londres: US$ 16,47 bilhões, US$ 148 por dia

6 – Nova York: US$16,43 bilhões, US$ 152 por dia

7 – Paris: US$ 14,06 bilhões, US$ 296 por dia

8 – Tóquio: US$ 13,77 bilhões, US$ 196 por dia

9 – Palma de Maiorca (Espanha): US$ 12,69 bilhões, US$ 233 por dia

10 – Phuket (Tailândia): US$12,01 bilhões, US$ 247 por dia

As dez principais cidades em número de visitantes possuem destinos que atraem uma mistura de viajantes a negócios e lazer e também são importantes polos internacionais de passagem, tanto para rotas de voos internacionais quanto para conexão em suas próprias regiões.

Também digno de nota é o fato de que a Mastercard projeta um crescimento anual de 10,02% no número de visitantes e 12,74% nos gastos em Tóquio para 2019, a maior das cidades da lista, além de 9,87% em Kuala Lumpur e 8,14% em Istambul. Phuket e Bangkok também devem ter um forte crescimento de gastos para 2019, com 9,16% e 8,67%, respectivamente.

LEIA MAIS: https://forbes.uol.com.br/colunas/2019/08/licoes-de-viagem/

A Mastercard utilizou dados de terceiros e conduziu sua própria análise para determinar os números para 2018, bem como suas projeções para 2019. No entanto, como em qualquer estudo desse tipo, as estatísticas eventuais certamente serão afetadas por mudanças geopolíticas, econômicas e eventos nas indústrias de aviação e hospitalidade. Ainda assim, certas tendências apontadas parecem continuar, incluindo a explosão de viagens da população chinesa continental, tanto na região da Ásia-Pacífico quanto fora dela, além do domínio estável das principais cidades internacionais da lista geral.

São muitos os desafios que essas cidades enfrentarão diante de números cada vez maiores. Entre eles, está o desenvolvimento da infraestrutura para lidar com todos esses novos visitantes, incluindo transporte público e acomodações, fornecendo comodidades e serviços para os viajantes de novas regiões, além de ampliar as políticas e procedimentos de segurança para garantir o bem estar de sua população e visitantes. Igualmente importante será fornecer pontos de venda e mercadorias por meio dos quais eles possam capturar os suados dólares dos viajantes.

Observar as tendências da última década sobre viagens internacionais é especialmente útil para atingir esses objetivos. Além do mais, direcionar a natureza da experiência de viagem para muitas outras cidades ao redor do mundo com certeza será uma ação bem-vinda no futuro.

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).