Patrimônio de Elon Musk se aproxima de US$ 100 bilhões

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

A fortuna de Musk quadruplicou desde meados de março, quando figurou em 31º lugar na lista dos bilionários do mundo

Elon Musk está prestes a atingir o décimo segundo dígito. As ações de sua montadora de carros elétricos, a Tesla, saltaram 3,75% hoje (27), aumentando o patrimônio líquido do bilionário em US$ 3,2 bilhões, para US$ 98,8 bilhões. Isso quer dizer que Musk está a apenas US$ 1,2 bilhão de se tornar o quinto centibilionário do mundo, atrás apenas de Jeff Bezos, Bill Gates, Bernard Arnault e Mark Zuckerberg. 

A fortuna de Musk quadruplicou desde meados de março, quando figurou em 31º lugar na lista dos bilionários do mundo publicada anualmente pela Forbes, com um patrimônio líquido de US$ 24,6 bilhões. Ele possui 21% da empresa avaliada em US$ 416 bilhões, mas prometeu mais da metade como garantia para empréstimos pessoais. (A Forbes aplica um desconto às ações prometidas para contabilizar os empréstimos.)

LEIA TAMBÉM: Fortuna de Jeff Bezos bate recorde e vale US$ 200,4 bilhões

Amanhã (28), após o fechamento do mercado, as ações da Tesla serão desdobradas de uma para  cinco e começarão a ser negociadas em uma base ajustada por divisão na próxima segunda-feira (31). As ações subiram 35% desde que a Tesla anunciou a mudança no dia 11 de agosto.

Os analistas estão divididos sobre a ascensão meteórica de Tesla. O analista da Bernstein, Toni Sacconaghi, chamou a avaliação da empresa de “incompreensível” no final de julho. “Apesar de nossa postura relativamente otimista sobre a evolução do veículo elétrico e das vantagens estruturais que acreditamos que a Tesla possa ter, achamos difícil justificar a avaliação atual da empresa mesmo em nossos cenários mais otimistas”, escreveu. Ele também alertou que o governo chinês poderia retaliar a Tesla e outras companhias de tecnologia norte-americanas por causa da proibição do presidente Trump ao TikTok.

Dan Ives, da Wedbush, que recentemente aumentou sua meta de preço para US$ 3.000 por ação, afirma que a Tesla continuará subindo. “Ainda achamos que há dias brilhantes pela frente”, disse na semana passada. “Apesar dos haters, os papéis estão subindo.”

Musk desbloqueou dois pacotes de benefícios em ações neste ano, no valor de US$ 6,4 bilhões, como parte de seu acordo de remuneração. Um terceiro está a caminho se a Tesla mantiver uma capitalização de mercado média de seis meses de US$ 200 bilhões e contabilizar US$ 35 bilhões de receita ou US$ 3 bilhões de EBITDA ajustado para este trimestre.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).