Quem é o bilionário maranhense dono da rede de supermercados Mateus

Forbes
Forbes

Ilson Mateus é o nono mais rico do Brasil, com fortuna avaliada em R$ 20 bilhões

De origem humilde, o mais novo bilionário brasileiro Ilson Mateus estreou na lista de bilionários da Forbes entre os dez mais ricos do país, na nona colocação, com fortuna avaliada em R$ 20 bilhões –à frente de seu parceiro e amigo da rede de lojas de departamento do Sul do país Havan, Luciano Hang. Luciano fez sua estreia no ranking em 2019 e, neste ano, sua fortuna foi cotada em R$ 18,72 bilhões.

A vontade de chegar longe fez parte da vida do empresário maranhense de 57 anos desde muito cedo. No final dos anos 1970 e ainda na adolescência, Mateus se aventurou pela rota do ouro do Norte, Serra Pelada, no Pará –assim como muitos outros brasileiros na época. A esperança era a mesma de todos que migravam para a região: encontrar o metal precioso no garimpo.

VEJA TAMBÉM: 10 maiores bilionários brasileiros em 2020

Quando desembarcou na região garimpeira, logo percebeu que os mais rentáveis barrancos de extração já estavam ocupados. Os caminhos do empresário que o levariam ao verdadeiro pote de ouro no final do arco-íris estavam na região Norte e Nordeste, mas não exatamente no ofício do garimpo.

Por meio de conversas com colegas, Mateus soube que a cidade de Balsas, no Maranhão, estava em um momento de transformação econômica e se mostrava um local atrativo para novos negócios e postos comerciais. Foi então que, no começo da década de 1980, o ex-garimpeiro inaugurou na cidade-promessa uma mercearia cujo carro-chefe era a cachaça. O então simples comerciante também passou a fretar itens produzidos no município de Imperatriz, a 391 quilômetros dali, para serem vendidos em Balsas.

O pequeno comércio cresceu, foi promovido a supermercado e se ramificou com outras lojas pela região. Hoje, o negócio que deu início ao império Grupo Mateus está presente em 54 cidades do Nordeste, com 137 lojas físicas, sem abandonar as origens. Além dos grandes pontos de hipermercados, atacarejo, lojas de eletrônicos e centros de distribuição, o grupo também mantém pequenas lojas de bairro.

Presidido por Ilson Mateus, que também a maior fatia da companhia, com participação de 52,75%, o Grupo Mateus é considerado uma das maiores empresas de varejo alimentar do Brasil. Os demais acionistas do grupo são Maria Barros Pinheiro (38,5%), Ilson Mateus Rodrigues Junior (4,38%) e Denilson Pinheiro Rodrigues (4,38%).

E AINDA: Acionistas da WEG somam dez dos 33 novos bilionários brasileiros

No ano 2019, o império de mais de dez dígitos do Grupo Mateus reportou faturamento de R$ 9,9 bilhões e lucro líquido de R$ 388 milhões. Em outubro de 2020, o grupo fará sua oferta pública de ações na B3, com a expectativa de captar 4,1 bilhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).