Lyft entra no compartilhamento de bicicletas

A exemplo do Uber, empresa anuncia compra da Motivate.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
iStock
iStock

A Lyft pagará cerca US$ 250 milhões pela controladora das empresas Ford GoBike e da Citi Bike, segundo relatos da mídia

Acessibilidade


A Lyft informou ontem (2) que comprará a Motivate, operadora de bicicletas, à medida que a empresa tenta se defender da concorrência com a rival Uber, que comprou a startup de bicicletas elétricas JUMP Bikes em abril.

LEIA MAIS: Parcerias do Walmart com Uber e Lyft chegam ao fim

A Lyft se recusou a comentar o valor do acordo, mas, segundo relatos da mídia, a empresa pagará cerca US$ 250 milhões pela controladora das empresas Ford GoBike e da Citi Bike.

O acordo também sinaliza uma mudança na Lyft para um conjunto mais amplo de opções de transporte nos centros urbanos.

Na semana passada, a Lyft disse que levantou US$ 600 milhões em uma nova rodada de financiamento liderada pela Fidelity Management, dobrando a avaliação da empresa para US$ 15,1 bilhões em pouco mais de um ano.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Compartilhe esta publicação: