Com incertezas, BC não informa seus próximos passos

Cenário instável faz instituição ter uma posição mais flexível.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Agência Brasil
Agência Brasil

O Banco Central reforçou que o cenário de inflação continuará favorável se não houver choques adicionais

Acessibilidade


O Banco Central reforçou hoje (7) que o cenário de inflação continuará favorável se não houver choques adicionais e, diante desse nível de incerteza, o melhor é não dar sinalizações sobre seus próximos passos sobre a trajetória dos juros básicos.

LEIA MAIS: Mercado prevê que BC manterá Selic em 6,50% nesta semana

“O maior nível de incerteza da atual conjuntura gera necessidade de maior flexibilidade para condução da política monetária, o que recomenda abster-se de fornecer indicações sobre os próximos passos”, trouxe a ata do Comitê de Política Monetária (Copom) do BC.

Na semana passada, o BC manteve a Selic em 6,50% ao ano, ressaltando que a retomada da atividade econômica será ainda mais gradual do que a esperada antes da greve dos caminhoneiros, num cenário de menor pressão inflacionária.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: