Lyft conversa com assessor para IPO em 2019

Segundo agência, oferta pública de ações pode ser em março ou abril.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

A empresa tinha captado US$ 600 milhões em sua rodada de financiamento mais recente liderada pela Fidelity Management, em junho, dobrando sua avaliação para US$ 15,1 bilhões em pouco mais de um ano.

Acessibilidade


A Lyft está conversando com um assessor para uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) para março ou abril de 2019, publicou a Bloomberg, citando pessoas a par do assunto.

LEIA MAIS: Lyft entra no compartilhamento de bicicletas

Em setembro de 2017, a Reuters informou que a segunda maior empresa de transporte urbano compartilhado dos Estados Unidos estava perto de contratar uma empresa de consultoria de IPO em sua primeira etapa concreta para abrir capital.

A Lyft contratou a Class V Group LLC para gerenciar o processo e planeja começar a receber propostas dos bancos a partir de setembro, disse a agência de notícias.

O aplicativo e o Class V Group não responderam imediatamente aos pedidos de entrevistas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A empresa tinha captado US$ 600 milhões em sua rodada de financiamento mais recente liderada pela Fidelity Management, em junho, dobrando sua avaliação para US$ 15,1 bilhões em pouco mais de um ano. A Lyft opera aproximadamente no mesmo número de cidades dos EUA que a rival Uber, que também planeja abrir o capital no ano que vem.

Compartilhe esta publicação: