8 campanhas que movimentaram o Instagram

Em entrevistas e apresentações ao longo dos últimos anos, identifiquei a “Instagramability” – neologismo relacionado à habilidade na rede social – como uma das métricas mais importantes atualmente para os profissionais da área de marketing. Embora pareça óbvio para mim, as pessoas ficam muito intrigadas com essa afirmação. Percebi pela primeira vez a importância dessa habilidade há cerca de seis anos quando, em um almoço com dois executivos de marketing na Nova Zelândia, nos vimos às voltas de uma discussão sobre o quão atraente eram suas promoções no Instagram.

LEIA MAIS: Saída de cofundadores do Instagram atinge ações do Facebook

Quando eu participo de treinamentos sobre inovação, a coisa mais importante que eu digo aos grupos é para sempre se fazerem a pergunta: “Qual foi a mensagem que as marcas, lojas, restaurantes ou destinos que você viu deixaram na sua vida?”. É aí que você descobre se o marketing de uma empresa está realmente causando impacto em seus clientes.

Em um desses encontros de marketing na Michigan Avenue, em Chicago, vários exemplos vinham de marcas que criavam movimentos no Instagram, incluindo Pepsi e Under Armour. Enquanto eu me preparava para uma palestra no Congresso Mundial de Cidades Inteligentes, em Buenos Aires, no ano passado, deparei-me com um caso maravilhoso de uma cidade pequena e empobrecida na Indonésia que mudou seu destino e sua economia completamente apenas tornando-se altamente “postável”. Recentemente, em frente ao Museu Gugghenheim, em Bilbao, na Espanha, ao observar turistas fotografando a si mesmos com o Poppy, percebi que a “Instagramability” do mascote gigante do museu ajudou não só ele – mas também o Guggenheimo – a se tornarem ícones visuais da cidade.

O Instagram se tornou uma importante ferramenta de marketing para moda, viagens, gastronomia e varejo. A geração do milênio confia mais na rede social do que nos anúncios justamente porque ela mostra como os lugares realmente são. O mesmo vale para alimentos e qualquer tipo de mercadoria. Fotos no Instagram publicadas por fãs transmitem credibilidade, qualidade e experiências divertidas com produtos e serviços.

Veja, na galeria de fotos a seguir, 8 das minhas campanhas favoritas no Instagram, incluindo duas ativações de varejo para o Natal de 2018:

  • Macy’s na 34 St. e Herald Square, em Nova York

    O departamento de decoração de Natal da flagship em Nova York constatou um aumento de movimento e de vendas este ano graças, em parte, à exibição interativa de um globo de neve gigante, que pode ser fotografado e compartilhado com a hashtag #Macyslove. Além de algo divertido, a iniciativa aumentou o reconhecimento da marca. E a Macy’s pode rastrear o quão eficiente é a campanha por meio da hashtag.

  • Bloomingdales na 59th Street e Lexington Avenue, em Nova York

    A Bloomingdales viveu este ano uma ligação intensa com o filme “Grinch”, com uma vitrine altamente interativa e envolvente que aumentou a visibilidade da loja e do filme e aguçou a curiosidade das pessoas em relação aos produtos licenciados vendidos por lá. Um sorteio divertido para as crianças fez com que os pais levassem os filhos ao estabelecimento. Isso também influenciou outras crianças a visitarem a loja, uma vez que os amigos já haviam estado lá.

  • Taco Bell e o The Culinary Institute of America

    No desenvolvimento de produtos, receitas e cardápios, dois grandes exemplos são o Taco Bell e o The Culinary Institute of America. A cadeia de fast-food aposta na “Instagramability” de cada novo produto de seu menu. Adicionar mais queijo derretido em suas receitas aumenta a probabilidade de que o novo item seja um post de sucesso: uma maneira altamente confiável, divertida e barata de dar evidência à marca. Em outubro de 2017, o “The New York Times” publicou um artigo sobre como o Culinary Institute of America está ensinando técnicas de Instagram em um de seus cursos, o que está fazendo com que chefs recém-formados dêem mais importância aos pratos bonitos.

  • Asas em exibição na Victoria’s Secret da 5th Avenue, em Nova York

    Em um recente programa sobre varejo, os participantes – de São Paulo e Barcelona – mostraram-se impressionados com a capacidade da Victoria’s Secret de ser alvo de posts no Instagram. A marca instaurou uma asa em sua loja, que os visitantes podem usar e fotografar. Divertida e viral, a iniciativa impulsionou a imagem da marca.

  • Tronco gigante na UnderArmour, na Michigan Avenue, em Chicago

    Um tronco gigante foi instalado na Michigan Avenue, em Chicago, bem na entrada da loja. Muitas pessoas entravam lá só para fazer selfies e compartilhar no Instagram logo em seguida.

  • Publicidade da Pepsi no Super Bowl, na Michigan Avenue, em Chicago

    No final da Michigan Avenue, a Pepsi fez uma exposição incrível ao ar livre. Foi antes do Super Bowl e a propaganda se baseava em capacetes gigantes de cada time de futebol americano da NFL, espalhados em frente ao Edifício Wrigley, com as placas da marca de refrigerante na parte inferior. As pessoas paravam para tirar fotos dentro do capacete de seu time favorito, o que aumentou a conscientização sobre o patrocínio da Pepsi ao campeonato.

  • Promoção noturna da Kampung Pelangi, na Indonésia

    O governo local de Kampung Pelangi, uma pequena e carente vila na Indonésia, deu aos cidadãos um total de US$ 22.467 para pintar suas acinzentadas casas com cores fortes e vibrantes. A ideia virou, de maneira instantânea, uma sensação no Instagram, fazendo da comunidade um destino de viagem e, consequentemente, impactando a economia do lugar. O acontecimento mudou o ânimo dos cidadãos locias.

  • Guggenheim Bilbao, na Espanha

    A “Instagramability” do mascote do museu, Poppy, não só promoveu a entidade, mas também fez com que ambos se tornassem ícones na cidade. Uma forma barata e sincera de informar ao mundo sobre a beleza e o esplendor da estrutura metálica de formato incomum.

Macy’s na 34 St. e Herald Square, em Nova York

O departamento de decoração de Natal da flagship em Nova York constatou um aumento de movimento e de vendas este ano graças, em parte, à exibição interativa de um globo de neve gigante, que pode ser fotografado e compartilhado com a hashtag #Macyslove. Além de algo divertido, a iniciativa aumentou o reconhecimento da marca. E a Macy’s pode rastrear o quão eficiente é a campanha por meio da hashtag.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).