Seth Rogen lança marca de maconha no Canadá

GettyImages
Com sede no Canadá, país de origem dos fundadores, o primeiro produto da empresa foi chamado de Houseplant Sativa
  • Seth Rogen, junto ao produtor e parceiro de trabalho no cinema Evan Goldberg, lança a Houseplant e entra para o setor de maconha no Canadá;
  • A marca trabalha em parceria com a canadense líder de mercado e com participação minoritária na Houseplant, Canopy Growth;
  • O primeiro produto da marca, Houseplant Sativa, estará disponível a partir de abril para a Colúmbia Britânica e áreas vizinhas;
  • Celebridades como CJ Wallace, filho do The Notorious B.I.G, Martha Stewart, Willie Nelson e Snoop Dog também apostaram no mercado de produtos relacionados à maconha.

Seth Rogen e Evan Goldberg já trabalharam juntos em filmes como “Superbad”, “A Entrevista” e “Segurando as Pontas”. Agora, a dupla embarca em um tipo diferente de projeto: uma marca de maconha.

VEJA TAMBÉM: Como a maconha salvou uma velha cidade de Massachusetts

“A Houseplant é uma paixão que criamos por meio de foco e dedicação”, diz Rogen, cofundador da empresa. “Cada decisão que tomamos para o negócio reflete os anos de educação, experiência e respeito pela cannabis.”

Com sede no Canadá, país de origem dos fundadores, o primeiro produto da empresa foi chamado de Houseplant Sativa e estará disponível no início de abril na Colúmbia Britânica e áreas vizinhas. Posteriormente, a marca planeja lançar a Houseplant Hybrid e Houseplant Indica, eventualmente seguidas de cigarros pré-enrolados e géis. A cannabis comercializada é fornecida pela canadense Canopy Growth, que tem participação minoritária na Houseplant.

“A Houseplant representa anos de expertise com o produto e atenção inigualável aos detalhes dentro de cada linha cuidadosamente selecionada e cultivada”, afirma a Canopy Growth em comunicado. “O compromisso com a qualidade da cannabis começa com a seleção da melhor genética. A Canopy Growth testemunhou com que cuidado a Houseplant escolheu cada componente para entregar o produto da mais alta qualidade aos canadenses.”

Rogen e Goldberg estão no grupo das primeiras celebridades que se jogaram no mercado da cannabis. Mais recentemente, CJ Wallace, filho do The Notorious B.I.G, anunciou que estava investindo em maconha com o lançamento de sua marca, Think Big, em homenagem ao pai.

E AINDA: Ex-CEO da Yahoo e da Autodesk e ex-estrela do futebol americano investem US$ 75 milhões em startup de maconha

Em fevereiro, Martha Stewart e Willie Nelson também anunciaram o lançamento de suas marcas de canabidiol. Como Rogen e Goldberg, Martha também trabalha com a Canopy Growth em sua linha.

“Estou especialmente ansiosa pelo resultado do nosso primeiro trabalho em conjunto, que oferecerá produtos conscientes para animais de estimação”, disse Martha em um comunicado.

O convidado especial de Martha, Snoop Dogg, também tem sua linha de canabidiol em andamento, por meio da Canopy Growth. Chamado de “Leafs by Snoop”, sua marca oferece especificamente produtos para tratar a ansiedade em animais de estimação.

A Canopy Growth é uma empresa líder no mercado de cannabis no Canadá, e atualmente não comercializa produtos nos Estados Unidos.

LEIA MAIS: Israel aprova lei para exportação de maconha medicinal

No momento, as ações da empresa são negociadas na Bolsa de Valores de Nova York e na Bolsa de Valores de Toronto. A Bolsa nova-iorquina, em particular, não permite que os recursos negociados nela sejam provenientes de negócios com atividades ilegais a nível federal, atual status da maconha nos Estados Unidos.

No ano passado, a empresa recebeu um aporte da Constellation Brands, controladora de várias marcas de bebidas bem conhecidas, como a Ballast Point Brewing e a Corona.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr
Forbes no Instagram: http://instagram.com/forbesbr

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).