7 atitudes de investidores inteligentes

Getty Images
Aprenda a equilibrar sua carreira e seu psicológico

Resumo:

  • Investir no mercado financeiro pode trazer grandes emoções para quem tem seu dinheiro em jogo;
  • Por isso, qualquer descontrole pode ser fatal na tomada de decisões. Para se manter equilibrado, aprenda como investir racionalmente.

A capacidade técnica perde seu significado se não é gerida por um emocional equilibrado. É nisso que acredita Julio Pereira, presidente da Humanity Treinamentos, empresa focada em práticas de desenvolvimento da capacidade mental e emocional.

LEIA MAIS: Por que ninguém vai roubar sua ideia nos negócios

Em sua palestra durante o evento BlockCrypto 2019, Pereira explicou que a chave do sucesso está na atenção aos detalhes do caminho. Uma boa formação acadêmica ou um currículo cheio podem ser prejudicados por um estado mental despreparado, que tropeça em pequenos detalhes enquanto tenta focar nos grandes resultados.

O mesmo vale para o mundo dos investimentos, onde disciplina e responsabilidade são cruciais para o sucesso. Para voltar a atenção também aos detalhes importantes e condicionar esse jeito de pensar, confira a lista das 7 atitudes de investidores inteligentes, segundo o especialista:

  • 1. Conhecimento x sabedoria

    Existe uma diferença crucial entre saber o que fazer e como fazê-lo, e ela está se tornando cada vez mais importante. É fácil aprender coisas novas, mas é difícil fazer algo significativo com uma nova informação. “A era do conhecimento passou. Você acessa do celular o informação que deseja ter. Mas o que fazer com isso?”, pergunta Pereira.

    A sabedoria traz inteligência emocional. Ela junta manter a calma durante situações adversas, como uma queda brusca do mercado, e a ter autoconhecimento suficiente para saber tomar a decisão correta. Para alcançar o sucesso, é preciso entender a diferença entre o conhecimento técnico e a sabedoria emocional.

  • 2. Conferência detalhada

    Outro passo necessário para uma carreira de sucesso é a conferência de uma situação. Ela é basicamente a tomada de consciência dos detalhes ao seu redor e do seu estado emocional antes do próximo passo. Isso pode significar uma segunda análise da bolsa antes de um investimento ou procurar se informar melhor sobre uma empresa antes de colocar seu dinheiro nela.

    Pereira dá como exemplo um salto de paraquedas. É preciso conferir todo o equipamento, as condições do clima e do local de pouso antes de saltar. Essa conferência combinada ao conhecimento e à sabedoria trazem o controle da situação e o sentimento de preparo para possíveis obstáculos que podem surgir.

  • 3. Planejamento: boa formulação de objetivos

    Saber exatamente para onde ir é extremamente importante para a jornada. No mercado de investimentos, isso determina o que fazer com um bem, por exemplo: quando vendê-lo ou quando segurá-lo em um momento de alta.

    Objetivos claros ajudam na tomada de decisões. Saber o que você quer tirar de uma situação guia melhores escolhas, por isso, esse planejamento inicial é fundamental em investimentos inteligentes.

  • 4. Execução: percepção aguçada da realidade

    A percepção aguçada da realidade é o estudo da situação atual antes de fazer qualquer coisa. Em vez de entrar em pânico por uma queda do mercado e tomar uma decisão errada que pode ter consequências devastadoras, estude o ambiente ao seu redor e seja realista.

    Muitas vezes, não prestar atenção às pequenas coisas por pressa ou distração pode ser fatal, pode levar a falência ou a uma perda significativa. Nas palavras de Pereira, “são os detalhes que vão fazer você se perder e perder o que tanto quis.”

  • 5. Evoluir seu QA e seu QE

    O QA é seu quociente de adversidades, e o QE é o quociente emocional. O primeiro dá força para não desistir frente a uma situação inesperada, quando algo que desafia suas crenças e previsões acontece. Um QA forte impede que você se deixe levar por uma adversidade, e até desenvolve o desejo por esses obstáculos, pois eles viram conhecimento.

    Já o QE permite o equilíbrio das suas emoções. Quando as dúvidas aparecem, o QE mantém a convicção no seu conhecimento e te dá a confiança necessária para tomar a decisão certa com calma, pois você sabe o que é o certo.

    Ao evoluir seu QA e QE, você também desenvolve seu QR, que é o quociente relacional. Com consciência emocional e força ante adversidades, suas relações com seus colegas de trabalho, amigos e família se tornam mais saudáveis.

  • 6. Aproxime-se de quem aumenta seus resultados

    Pessoas negativas jamais ajudarão na construção de alguém mais positivo. Pessoas que aumentam seus resultados não são necessariamente aquelas com mais conhecimento ou em cargos mais altos.

    Para Pereira, temos de olhar para a situação de forma diferente: se as pessoas são responsáveis pela sua média, você é responsável pela média das pessoas também. Essa atitude se resume na transformação do ambiente ao seu redor. Seja positivo, e as pessoas serão positivas com você. Não ignore uma pessoa por considerá-la mais negativa ou com menos conhecimento, ajude seu crescimento, e ela ajudará o seu.

  • 7. O melhor investimento é sempre o próximo

    Investimentos dão errado e ações pode trazer prejuízo ao invés do grande lucro esperado. Quando isso acontece, o foco deve permanecer em sair dessa situação da melhor maneira possível. A partir disso, reconheça seus erros para poder aplicar essas lições em seu próximo investimento.

    Suas maiores chances de sucesso sempre estarão na próxima tentativa por causa disso. Quanto mais equívocos, mais conhecimento, sabedoria e experiência acumulada você terá. E levará tudo isso para a próxima grande tomada de decisões.

1. Conhecimento x sabedoria

Existe uma diferença crucial entre saber o que fazer e como fazê-lo, e ela está se tornando cada vez mais importante. É fácil aprender coisas novas, mas é difícil fazer algo significativo com uma nova informação. “A era do conhecimento passou. Você acessa do celular o informação que deseja ter. Mas o que fazer com isso?”, pergunta Pereira.

A sabedoria traz inteligência emocional. Ela junta manter a calma durante situações adversas, como uma queda brusca do mercado, e a ter autoconhecimento suficiente para saber tomar a decisão correta. Para alcançar o sucesso, é preciso entender a diferença entre o conhecimento técnico e a sabedoria emocional.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).