BC anuncia financiamento subsidiado a folha de pagamento

Governo também prepara medida para permitir que a autoridade monetária faça a compra direta de crédito

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Antonio Cruz/Agência Brasil
Antonio Cruz/Agência Brasil

Roberto Campos Neto afirmou que o Banco Central só pode injetar liquidez no sistema

Acessibilidade


O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, anunciou hoje (27) um programa de R$ 40 bilhões para financiamento subsidiado a folha de pagamento das empresas com recursos do Tesouro e dos bancos e disse que o governo prepara medida para permitir que a autoridade monetária faça a compra direta de crédito, a exemplo do que feito por outros bancos centrais do mundo.

“Hoje em dia o BC brasileiro não tem essa capacidade, máximo que pode fazer é injetar liquidez no sistema”, afirmou Campos Neto sobre a compra direta de crédito, acrescentando que a iniciativa demanda a aprovação de uma emenda constitucional.

LEIA MAIS: Injeção de liquidez de R$ 1,2 tri por BC é histórica e garante tranquilidade na crise, diz Campos Neto

O programa de financiamento de folhas de pagamento terá prazo de dois meses e será voltado a pequenas e médias empresas, disse Campos Neto. A taxa será de 3,75% ao ano, com zero de spread, afirmou.

O programa será financiado pelo Tesouro, que entrará com R$ 17 bilhões por mês, e pelos bancos, que contribuirão com R$ 3 bilhões. O BNDES será responsável pela operacionalização.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: