Cargill hibernará temporariamente planta de bovinos no Canadá afetada pela Covid-19

ReutersDenis-Balibouse
ReutersDenis-Balibouse

A empresa não estimou um prazo para que as operações sejam retomadas

A Cargill disse ontem (20) que iniciou o processo de hibernação temporária de sua planta de carne bovina em High River, no Canadá, devido à pandemia de coronavírus, acrescentando que encorajou todos os funcionários a se submeterem ao teste para detecção do vírus assim que possível.

O braço da gigante norte-americana do agronegócio no Canadá afirmou que toda a unidade de High River, em Alberta, será hibernada assim que concluído o processamento das proteínas que já estão no local, para evitar o desperdício de alimentos, segundo e-mail enviado pelo porta-voz Daniel Sullivan.

A empresa não estimou um prazo para que as operações sejam retomadas.

VEJA MAIS: JBS fecha unidade de suínos nos EUA devido ao coronavírus e reduz oferta no país

“A partir de hoje, iniciamos o processo para hibernar temporariamente a instalação da Cargill em High River”, disse a companhia em nota. “Considerando os impactos do vírus à comunidade, nós encorajamos todos os funcionários a se submeterem ao teste para o vírus da Covid-19, conforme orientado pelos Serviços de Saúde de Alberta, assim que possível.”

Mais cedo neste mês, após dezenas de trabalhadores se infectarem com o vírus, a Cargill já havia reduzido a produção na planta de High River.

A unidade de bovinos, que fabrica produtos para o McDonald’s, representa cerca de 36% do total da capacidade de processamento no Canadá, segundo dados do setor. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).