Fabio Faccio, CEO da Renner, desmente fake news sobre fechamento das lojas físicas

Divulgacao
O CEO da Renner Fabio Faccio esclareceu que os negócios da empresa continuam no online

Em meio à pandemia da Covid-19 a cinquentenária Renner foi surpreendida, na segunda-feira (20), com a viralização da notícia de que todas as suas lojas físicas seriam fechadas, com especulações de falência. O CEO Fabio Faccio, que acaba de completar um ano no cargo – e 21 anos de empresa -, conversou com a FORBES via Zoom e esclareceu a questão: “Na verdade trata-se de uma notícia de 19 de março, quando decidimos fechar as lojas físicas da Renner, devido à pandemia. Isso é uma fake news e hoje as informações correm muito rápido. Queria deixar claro que o fato é que as lojas estão fechadas temporariamente, o e-commerce segue funcionando e estamos aguardando as orientações para a reabertura dos pontos físicos.”

A Renner S.A foi a primeira empresa brasileira a pulverizar todo o seu capital na bolsa, ou seja, 100% das suas ações. Mais conhecida pela marca Renner, é também proprietária da Youcom, Ashua Curve&Plus, Camicado e Realize CFI (braço de gestão de produtos financeiros).

LEIA MAIS: Lojas Renner fechará todas as lojas físicas no Brasil, Argentina e Uruguai

Nos últimos anos a empresa vinha em uma crescente de resultados positivos: em 2019 o lucro líquido da empresa foi de R$ 1,1 bilhão. Segundo Faccio, o que mais auxilia o momento de crise é que a empresa tem uma cultura muito forte e afinada: “Ter um time com propósito, talentoso e com engajamento, e que traz soluções inovadoras a todo tempo, é muito positivo. Está sendo um momento muito difícil, mas muito gratificante por ver a reação rápida do time e das pessoas”.

Apesar de não revelar a porcentagem do e-commerce no faturamento da empresa, Faccio diz que é um segmento que já vinha crescendo muito rapidamente. “A aceleração dos hábitos de consumo online vai acontecer mais rápido do que o previsto. A crise traz muitas coisas ruins, mas acelera muitas iniciativas positivas [no caso da empresa, uma estratégia voltada para transformação digital, inovação e sustentabilidade].”

Sobre o futuro do varejo, Faccio acredita que será muito mais omnichannel e integrado: “Estamos vivendo essa fase de muito relacionamento virtual mas o físico também é importante. Acho que quem tiver só um deles [loja física ou online] terá bastante dificuldade”.

Confira a entrevista com o CEO Fabio Faccio:

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).