10 bilionários ganharam US$ 23 bilhões esta semana

Reuters
Esses empresários acrescentaram quase US$ 23 bilhões às suas fortunas com as ações de tecnologia

Embora o Federal Reserve (Banco Central dos Estados Unidos) tenha apresentado uma perspectiva econômica sombria na quarta-feira (10) – desencadeando uma queda das ações domésticas -, um grupo de 10 bilionários resistiu à tendência. Esses empreendedores acrescentaram quase US$ 23 bilhões às suas fortunas na semana, que terminou na quinta-feira (11), com as ações de tecnologia continuando a disparar em meio a máximas históricas.

O maior ganhador da semana em termos percentuais exemplifica o que parecia ser uma exuberância irracional com um multibilionário recentemente cunhado. A fortuna do fundador e presidente da Nikola Corp, Trevor Milton, saltou de US$ 3,7 bilhões da semana passada para US$ 6,6 bilhões nesta quinta-feira, depois da expansão do mercado pós-IPO para sua empresa de caminhões híbridos em Phoenix. Nikola tem muitos pedidos para seus caminhões, que provavelmente irá começar a entregar apenas no próximo ano.

VEJA TAMBÉM: Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, e fique por dentro de tudo sobre empreendedorismo

Nomeada em homenagem ao mesmo inventor que a empresa Tesla, a Nikola estreou na Nasdaq na quarta-feira passada com uma capitalização de mercado de US$ 12 bilhões — aproximadamente quatro vezes o tamanho de sua última avaliação privada — mas o furor do investidor não parou por aí. As ações subiram quase 80% na semana passada até quinta-feira e, a certa altura, a empresa – que tem US$ 10 bilhões em pedidos contratados, mas que ainda não prevê receita positiva para 2020 – valia mais que a montadora Ford, que possui um valor de mercado anual de US$ 25 bilhões, com uma receita de quase US$ 156 bilhões. Um pouco da poeira baixou nos últimos dias, mas no fechamento do mercado de ontem (12), Nikola, uma empresa que só tem seis anos, estava sendo negociada a uma avaliação de US$ 23 bilhões. Seu fundador de 38 anos, que cresceu em Utah e abandonou a faculdade após apenas um semestre, possui cerca de 40% da empresa. O crescimento da empresa também cunhou um segundo bilionário, o CEO da empresa, Mark Russell.

A Amazon e a Tesla atingiram novos recordes durante a semana. A fortuna de Jeff Bezos aumentou US$ 5,4 bilhões. E a ex-mulher MacKenzie Bezos também está entre os maiores ganhadores da semana, com crescimento de US$ 1,9 bilhão. Enquanto isso, Elon Musk conquistou o segundo maior ganho da semana em termos de dólar, depois que os papéis da Tesla subiram 9%, um novo recorde na quarta-feira, após relatos de um memorando interno no qual afirma que o empresário revelou aos seus funcionários que era “hora de ir com tudo” e levar o caminhão semi-comercial da empresa para produção em massa, embora ele não tenha especificado um prazo para isso. Na semana até quinta-feira, a fortuna de Musk aumentou US$ 3,4 bilhões, para US$ 41,5 bilhões.

O CEO de um dos maiores fabricantes mundiais de baterias que alimentam os carros elétricos também está entre os maiores ganhadores da semana. Robin Zeng fundou a Contemporary Amperex Technology (CATL), com sede na China, em 2011, e nesta semana sua fortuna subiu US$ 1,2 bilhão. Na quinta-feira, a CATL, fornecedora da Toyota, Volkswagen e Tesla, anunciou o lançamento de uma bateria de veículo elétrico projetada para durar até 16 anos, elevando o preço das ações em 5%. Zeng terminou o dia com um patrimônio líquido de US $ 13,4 bilhões.

Os 10 principais ganhadores restantes estão sediados na Ásia, China e Coreia do Sul, onde os mercados resistiram à queda de quinta-feira. Todos eles têm suas fortunas vindas de indústrias em expansão durante a pandemia de coronavírus. Colin Zheng Huang, fundador da gigante chinesa de comércio eletrônico Pinduoduo e a terceira pessoa mais rica da China, vale US$ 2,7 bilhões a mais do que na semana passada. Sua fortuna quase dobrou durante a pandemia.

Fora do comércio eletrônico, as empresas biofarmacêuticas também aumentaram a sorte bilionária. Seo Jung-Jin, fundador do Celltrion Group, com sede na Coreia do Sul, está US$ 1,6 bilhão mais rico nesta semana, depois que a unidade de distribuição da empresa anunciou na quarta-feira que seu medicamento imunossupressor Remsima seria testado em hospitais do Reino Unido para ver se ele pode parar a inflamação em casos graves de Covid-19 e melhorar o tempo de recuperação dos pacientes. As ações subiram mais de 13% desde então, e Jung-Jin, o sexto maior ganhador da semana, agora vale US$ 11,4 bilhões.

 

Veja, na galeria abaixo, os dez bilionários que mais ganharam na última semana (entre 4 de junho e 11 de junho):

  • 1. Jeff Bezos

    Fortuna: US$ 153,6 bilhões (aumento de US$ 5,4 bilhões)
    Nacionalidade: norte-americano
    Fonte da riqueza: Amazon

  • 2. Elon Musk

    Fortuna: US$ 45,1 bilhões (aumento de US$ 3,4 bilhões)
    Nacionalidade: norte-americano
    Fonte da riqueza: Tesla Motors, SpaceX

  • 3. Trevor Milton
     
    Fortuna: US$ 6,6 bilhões (aumento de US$ 2,9 bilhões)
    Nacionalidade: norte-americano
    Fonte da riqueza: produtos de luxo

  • 4. Colin Zheng Huang

    Fortuna: US$ 37,1 bilhões (aumento de US$ 2,7 bilhões)
    Nacionalidade: chinês
    Fonte da riqueza: e-commerce

  • 5. Mackenzie Bezos
     
    Fortuna: US$ 50,1 bilhões (aumento de US$ 1,9 bilhão)
    Nacionalidade: norte-americana
    Fonte da riqueza: Amazon

  • 6. Seo Jung-Jin

    Fortuna: US$ 11,4 bilhões (aumento de US$ 1,6 bilhão)
    Nacionalidade: Coreia do Sul
    Fonte da riqueza: biotecnologia

  • 7. Zhong Shanshan

    Fortuna: US$ 8,2 bilhões (aumento de US$ 1,2 bilhão)
    Nacionalidade: chinês
    Fonte da riqueza: bebidas, farmacêuticos

  • 8. Robin Zeng

    Fortuna: US$ 13,4 bilhões (aumento de US$ 1,2 bilhão)
    Nacionalidade: chinês
    Fonte da riqueza: baterias

  • 9. Hui Ka Yan

    Fortuna:US$ 30,6 bilhões (aumento de US$ 1,2 bilhão)
    Nacionalidade: chinês
    Fonte da riqueza: imobiliária

  • 10. Wang Wei

    Fortuna: US$ 18,5 bilhões (aumento de US$ 1,2 bilhão) Nacionalidade:chinês
    Fonte da riqueza:entrega de pacotes

1. Jeff Bezos

Fortuna: US$ 153,6 bilhões (aumento de US$ 5,4 bilhões)
Nacionalidade: norte-americano
Fonte da riqueza: Amazon

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).