5 maneiras de parar de pensar no coronavírus e se concentrar no trabalho

gettyimages-fiskes
Ter um limite na busca por informações é um bom caminho para ser consumido pela preocupação

O coronavírus é talvez o maior disruptor de vidas da nossa geração. Para muitos de nós, é tudo em que podemos pensar. Das notícias às mídias sociais e até filmes, parece ser a única coisa sobre a qual as pessoas estão consumindo informações –e qualquer assunto que não aborde a pandemia está sendo ignorado.

Manter-se atualizado sobre as notícias mais recentes, com todas as informações possíveis sobre como agir no distanciamento social ou quarentena, e seguir as atualizações diárias do governo são, obviamente, importantes. Mas o que acontece quando seu foco na pandemia se torna esmagador e você não consegue mais se concentrar no trabalho?

LEIA MAIS: 9 dicas para manter a positividade durante a pandemia de coronavírus

Primeiro, saiba que é normal sentir que não é possível absorver informações suficientes. Um estudo da Universidade Estadual de Ohio descobriu que, especialmente em novos riscos –aqueles em que as pessoas não tinham experiência anterior–, quanto mais informações as pessoas possuíam, maior a probabilidade de se sentirem desinformadas. Em outras palavras, quanto mais você sabe, mais você sente que precisa saber.

Apesar de normal, como garantir não ficar sobrecarregado por notícias sobre o coronavírus quando se tem uma busca infinita por esclarecimentos? Na verdade, focar no trabalho pode normalizar e proporcionar satisfação em tempos tumultuados. Encontrar maneiras de agregar valor, contribuir com experiências positivas do cliente ou gerenciar tarefas comuns pode fornecer uma sensação com significado e calma. Então, como você deve gerenciar seu foco excessivo na Covid-19 e se concentrar novamente no trabalho? 

Veja na galeria de imagens a seguir cinco dicas:

  • Defina um limite

    Primeiro, permita-se marinar nos problemas atuais, mas defina um limite para si mesmo. Talvez você possa se permitir 30 minutos para recuperar o atraso durante o café da manhã e 30 minutos depois de acabar as tarefas do dia. Defina um alarme para ajudar a gerenciar o tempo e garantir que você não se perca na cobertura midiática.

  • Concentre-se em outra coisa

    Dê prioridade a outro tópico em seu cérebro. Os gurus motivacionais gostam de dizer que “o objeto do seu foco se expandirá”. Use essa lógica para encontrar outro lugar para se concentrar. Identifique algo que sempre quis aprender –um idioma ou um hobby– ou algo que possa assumir no trabalho –uma inovação ou projeto que pode afetar positivamente a capacidade da sua empresa de responder na crise. Pensar em algo que não seja o coronavírus para se concentrar ajudará a substituir sua ênfase excessiva na pandemia.

  • Concentre-se no que você sabe

    Às vezes, a preocupação é baseada em muito foco em perguntas que não têm respostas. Resista a se deixar sair de controle com a questão: “e se”. Volte o foco para o presente. Gaste tempo em atividades significativas, como realizar tarefas relacionadas ao trabalho ou ficar conectado com a família ou amigos por meio de cafés virtuais ou jogos online.

  • Concentre-se nos benefícios do trabalho

    Uma pesquisa fascinante da Universidade Brown descobriu que drogas como ritalina ajudam as pessoas a se concentrarem, aumentando a dopamina liberada no cérebro, enfatizando os benefícios, e não os custos de seus esforços –a contribuição da droga não estava diretamente na cognição, mas na motivação. Você pode traduzir isso para o seu trabalho, enfatizando os benefícios das tarefas. Se está lutando para colocar sua cabeça no trabalho, evite pensar na dificuldade e, em vez disso, acentue suas vantagens. Lembre-se de como será ótimo concluir o projeto por causa do impacto positivo em sua carreira ou dos resultados úteis para seus colegas de trabalho ou clientes.

  • Concentre-se em outras pessoas

    Muitas vezes, um foco excessivo em um estresse, como a pandemia, pode resultar no estreitamento da sua perspectiva. Vários estudos mostraram que ajudar os outros contribui para a felicidade. Uma pesquisa publicada no BMJ Journal descobriu que o voluntariado tende a aumentar o bem-estar, e outro estudo realizado pela Ascent constatou que a generosidade tende a resultar em mais felicidade e maior sucesso na carreira. Atender às necessidades dos outros é bom para a comunidade, mas também é saudável para você, porque tende a expandir sua perspectiva. Encontre oportunidades para ajudar um colega de trabalho, fazer contribuições para sua equipe ou ser voluntário em projetos sociais –mesmo por meios virtuais ou online.

Defina um limite

Primeiro, permita-se marinar nos problemas atuais, mas defina um limite para si mesmo. Talvez você possa se permitir 30 minutos para recuperar o atraso durante o café da manhã e 30 minutos depois de acabar as tarefas do dia. Defina um alarme para ajudar a gerenciar o tempo e garantir que você não se perca na cobertura midiática.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).