Dono da Louis Vuitton compra Copacabana Palace

Bernard Arnault adquiriu a rede Belmond por US$ 3,2 bilhões

Alvaro Leme
Compartilhe esta publicação:
Ricardo Beliel/Brazil Photos/LightRocket/Getty-Images
Ricardo Beliel/Brazil Photos/LightRocket/Getty-Images

O Copacabana Palace: parte da rede Belmond e, agora, da família de marcas de luxo LVMH

Acessibilidade


É uma daquelas uniões tão chiques que a gente até se pergunta como não tinha acontecido antes. O Copacabana Palace, mais célebre dos hotéis brasileiros, acaba de se juntar à LVMH, imensa família de marcas internacionais de alto padrão encabeçada pela Louis Vuitton. Aliás, toda a rede Belmond, detentora do nobre endereço carioca, pertence agora a Bernard Arnault, megaempresário francês que é um dos latifundiários do luxo mundial. A transação ficou em US$ 3,2 bilhões, dos quais US$ 2,6 bilhões são em ações e o restante em dívidas.

LEIA TAMBÉM: Sig Bergamin: “Hoje todo mundo se acha demais”

A aposta da LVMH na rede — da qual também faz parte o icônico Cipriani, em Veneza, dentre outros trinta hoteis — vem num momento em que, nos segmentos nos quais já tem forte presença, a empresa não tem muito mais para onde crescer. Basicamente, Arnault adquiriu todas as marcas fashion de luxo que teve chance. Dior, Bulgari, Emilio Pucci, Kenzo, Marc Jacobs, Givenchy, Fendi… Tudo dele.

No segmento de relógios & joalheria, detém Hublot, Bulgari e Tag Heuer. Além de ser proprietário de bebidas como Moët & Chandon, Krug, Veuve Clicquot, Hennessy e Château d’Yquem. O próprio nome do conglomerado, LVMH, já vem da fusão de Louis Vuitton com Moët Henessy, tradicional fabricante de bebidas premium. Ah! Também tem a Sephora, dentre outros.

Chesnot/Getty Images
Chesnot/Getty Images

O empresário Bernard Arnault: Dior, Pucci, Sephora, Bulgari, Veuve Clicquot… Tudo dele

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A divisão de hotelaria da LVMH, criada em 2010, conta atualmente com endereços como o Cheval Blanc, em Courchevel, e seis hotéis com a bandeira Bulgari.

Compartilhe esta publicação: