Capitã ocupará cargo inédito em cruzeiro internacional

Serena Milani é primeira mulher a comandar viagem inaugural de um navio.

Alvaro Leme
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

A capitã Serena Milani: pioneirismo ao longo de três décadas de carreira

Acessibilidade


A italiana Serena Melani, de 45 anos, será a primeira mulher a comandar a viagem inaugural de um grande navio de cruzeiro. Eu sei, parece o específico do específico do específico, mas num ambiente ainda tão dominado por homens, cada passo para a frente merece mesmo registro. A capitã foi escalada para a estreia do Seven Seas Splendor, embarcação de luxo da Regent Seven Seas Cruises, marcada para fevereiro de 2020.

LEIA TAMBÉM: Yalitza Aparicio, de “Roma”, se torna queridinha da Prada

Serena tem quase três décadas de experiência no segmento. Começou ainda adolescente a trabalhar em cargueiros em Livorno, onde nasceu. Está na Regent desde 2010, quando ingressou como Oficial de Ponte. Em 2016, tornou-se a primeira Capitã Master da empresa. Quando não está navegando, vive com o marido na ilha croata de Korcula.

Divulgação

O Seven Seas Splendor, que ainda está em construção: estreia marcada para fevereiro de 2020

Falamos desse navio outro dia aqui na Forbes, porque é nele que fica a megaluxuosa suíte em que apenas a cama custa R$ 730 mil, além de conter spa particular e oferecer carrões para transportar os hóspedes a cada parada ao redor do mundo.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:
Forbes no Facebook: http://fb.com/forbesbrasil
Forbes no Twitter: http://twitter.com/forbesbr

Compartilhe esta publicação: