Mercados à espera de medidas na China

Getty Images

Mercados à espera de medidas de estímulo à economia chinesa

A maioria das principais bolsas do mundo está no positivo hoje (19) com a espera de investidores por medidas de estímulo à economia chinesa. O Banco Popular da China fará reunião esta noite para decidir sobre um eventual corte na taxa básica de juros de modo a facilitar o crédito e o consumo naquele país em meio à crise após a propagação da doença Covid-19 pelo coronavírus.

Na Ásia, as bolsas chinesas fecharam em queda, com Shanghai Composite em baixa de 0,32% aos 2.975 pontos e o Shenzhen com recuo de 0,63% aos 11.235 pontos. Outros índices encerraram em alta: Nikkei (Japão) com avanço de 0,89% aos 23.400, Kospi (Coreia) com mais 0,07% aos 2.210 pontos e Hang Seng (Hong Kong) que subiu 0,46% aos 27.655 pontos.

LEIA TAMBÉM: Ibovespa recua com receios sobre efeito do coronavírus na economia global

Na Europa, os índices também embalaram no otimismo, assim como os índices futuros nos Estados Unidos, antes da abertura do mercado acionário norte-americano à vista.

Por aqui, a semana segue intensa com a divulgação de balanços de empresas listadas na bolsa brasileira. Uma delas, que foi alvo de polêmica recente envolvendo o questionamento dos resultados publicados ao mercado, a IRB de resseguros, que anunciou lucro líquido de R$ 1,76 bilhão em 2019, alta de 44,7% na comparação com o ano anterior, e resultados auditados por duas consultorias independentes, a PWC e a Ernst & Young.

No final do dia, após o encerramento dos negócios, os investidores vão conhecer o balanço da Petrobras. A expectativa do mercado é por resultados melhores que os obtidos no exercício de 2018.

****

Luciene Miranda é jornalista especializada em Economia, Finanças e Negócios com coberturas independentes na B3, NYSE, Nasdaq e CBOT

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).