OMS se junta a gigantes das redes sociais para desenvolver software de combate ao coronavírus

GettyImages/ NurPhoto
A OMS irá contar com ajuda de profissionais de tecnologia para proteger a população de ameaças provenientes do Covid-19

A Organização Mundial da Saúde (OMS) se reuniu com empresas de mídia social e software nesta semana com objetivo de lançar uma iniciativa para desenvolver um software para enfrentar as ameaças atuais e potenciais relacionadas ao coronavírus.

Inicialmente, Facebook e Microsoft foram os principais participantes do esforço, com Twitter, TikTok, Pinterest, Slack, Giphy, WeChat e outros, entrando aos poucos. De acordo com o feed da #BuildforCOVID19, as mídias sociais e outras empresas de tecnologia precisam reunir seus esforços rapidamente. As inscrições abriram ontem e fecham em 30 de março. As principais ideias serão escolhidas e anunciados em 3 de abril.

LEIA MAIS: 9 dicas para manter a positividade durante a pandemia de coronavírus

Atualmente, o Facebook oferece páginas nas quais um usuário pode se registrar como doador de sangue ou buscar recursos de resposta a crises em casos de desastre. Esses conceitos surgiram de hackathons (eventos que reúnem desenvolvedores de software, designers e outros profissionais relacionados à área de programação, com o intuito de criarem soluções inovadoras para algum problema específico) passados. O atual Covid-19 é a mais recente oportunidade para que ideias tão necessárias sejam apresentadas.

Segundo o Facebook, esta última hackathon está pedindo às empresas de software e às redes sociais que construam “projetos focados nos temas de saúde, populações vulneráveis, empresas, comunidade, educação e entretenimento”.

Com o novo coronavírus pairando sobre todos os aspectos da vida cotidiana em 2020, claramente o foco desta última hackathon será a maneira como os desenvolvedores podem tornar a vida das pessoas mais segura, fácil e agradável nesses dias de quarentena, distanciamento social e prevenção de vírus.

LEIA TAMBÉM: Dezenas de milhões enfrentam desemprego com escalada da crise do coronavírus

Grandes empresas já estão a bordo, mas o convite de Mark Zuckerberg deixa claro que o evento está aberto a qualquer desenvolvedor.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).