Prefeitura de SP anuncia reabertura de comércio e imobiliárias

ReutersAmanda-Perobelli
ReutersAmanda-Perobelli

O prefeito destacou que, apesar da retomada gradual, a cidade segue em quarentena

A prefeitura de São Paulo anunciou hoje (9) que permitirá a reabertura de comércios de rua e imobiliárias na nova fase da retomada econômica em meio à pandemia de coronavírus, depois de o prefeito Bruno Covas (PSDB) assinar um termo de compromisso com entidades dos setores.

O governo da capital paulista disse ainda que espera assinar amanhã (10) um termo semelhante com o setor de shoppings centers para permitir a reabertura desses estabelecimentos a partir do dia seguinte.

LEIA MAIS: Pazuello defende mudança em método de registro de mortes da Covid-19

Segundo comunicado da prefeitura, o comércio de rua poderá abrir as portas entre 11h e 15h, enquanto as imobiliárias poderão funcionar durante quatro horas por dia, desde que fora do horário de pico.

“A principal regra é o horário de funcionamento… A expectativa agora é que amanhã a gente também consiga assinar com o setor de shoppings centers para que possam voltar a funcionar a partir de quinta-feira”, disse Covas em nota.

O prefeito destacou que, apesar da retomada gradual, a cidade segue em quarentena, pedindo para que a população evite deslocamentos desnecessários.

Com o anúncio para comércios de rua e imobiliárias, São Paulo passa a ter quatro setores liberados na nova etapa de reabertura, uma vez que havia autorizado, na última sexta-feira (5), o funcionamento de concessionárias de veículos e escritórios de prestação de serviços.

Apesar da flexibilização das medidas de isolamento, o Estado de São Paulo registrou um número recorde de mortes diárias pela Covid-19, mostraram dados da Secretaria Estadual de Saúde divulgados hoje.

De acordo com os dados, apresentados em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, São Paulo tem 9.522 mortes causadas pela Covid-19, doença respiratória causada pelo novo coronavírus, um acréscimo de 334 novos óbitos em relação ao número apresentado ontem (8).

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).