Matthew McConaughey flerta com candidatura ao governo do Texas

Mario Anzuoni/Reuters
Mario Anzuoni/Reuters

Matthew McConaughey falou sobre entrar para a política em entrevista com o radialista Hugh Hewitt

Ator ganhador do Oscar, Matthew McConaughey pode ser a próxima celebridade a entrar na arena política.

O astro de “Clube de Compras Dallas” e “Magic Mike” pareceu estar flertando com a ideia ao debater sobre política com o radialista Hugh Hewitt em uma entrevista publicada na internet ontem (18).

LEIA MAIS: “Babenco” será representante brasileiro em busca de vaga no Oscar 2021

Indagado se concorreria a governador do Texas ou outro cargo político, o ator disse que está indeciso, mas que não o descartou. McConaughey, de 51 anos, nasceu e cresceu no Texas e mais tarde se mudou para Los Angeles, fazendo carreira graças a comédias românticas como “Como Perder um Homem em 10 Dias”.

“Quer dizer, não caberia a mim. Caberia às pessoas, mais do que a mim”, disse McConaughey.

“Veja, a política me parece um negócio arruinado neste momento. E quando a política redefinir seu propósito, eu poderia ficar bem mais interessado.”

Na entrevista, ele descreveu sua filosofia política como sendo “apoiada em valores pessoais para reformar nossos contratos sociais uns com os outros como norte-americanos”.

Mas ele pareceu um tanto distante de uma decisão de trocar a atuação pela política.

“Eu ainda questiono o quanto você realmente consegue fazer na política, e não sei se a política é meu caminho para fazer o que eu talvez esteja mais bem preparado para fazer”, disse. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).