Veículos cinza ou veículos cinzas?

Antes de nomear as cores, é importante lembrar que alguns adjetivos são, antes de tudo, substantivos que nomeiam coisas.

Cíntia Chagas
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


Veículos cinza ou veículos cinzas? Uniformes rosa ou uniformes rosas? Gravatas vinho ou gravatas vinhos? Se você já teve esse tipo de dúvida, leitor, fique por aqui, que eu explicarei a resposta direitinho. 

O que os adjetivos cinza, rosa e vinho têm em comum? Dou-lhe uma, dou-lhe duas, dou-lhe três. Adivinhou? Eles, antes de serem adjetivos designativos de cores, são substantivos, ou seja, nomeiam coisas. Mas como assim?

VEJA TAMBÉM: Quer aumentar o vocabulário? Leia.

Antes de existir a cor cinza, existiu o substantivo (o pó) cinza; antes de existir a cor rosa, existiu o substantivo (a flor) rosa; antes de existir a cor vinho, existiu o substantivo (a bebida) vinho. Ou seja, no que se refere às cores, é preciso analisar se se trata de uma cor oriunda de um substantivo, entendeu? Se a resposta for sim, ela não irá para o plural. Assim: veículos cinza, uniformes rosa e gravatas vinho. 

Mas atenção! Isso só vale para casos de adjetivos como cinza, rosa, vinho, ouro, chumbo, prata, etc. Para os casos “normais”, a concordância é a usual: blusas azuis, camisas amarelas, bolsas vermelhas. 

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Fui clara? Espero que sim. 

Até semana que vem.

Cíntia Chagas é professora, autora de dois best-sellers pela editora HarperCollins e coleciona milhares de alunos nos cursos virtuais que ministra. Palestrante e instagrammer, provou que humor e educação podem andar juntos.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

 

Compartilhe esta publicação: