Após fala de Guedes, Ibovespa amplia ganhos e supera 95 mil pontos

ReutersConnect/Adriano Machado
ReutersConnect/Adriano Machado

Ministro da Economia, Paulo Guedes

O Ibovespa acelerou o movimento positivo hoje (17), após o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmar que o governo voltará às reformas nos próximos 60 a 90 dias, com investidores ainda aguardando decisão de política monetária do Copom.

O principal índice da bolsa paulista subiu 2,16%, a 95.547,29 pontos. O volume financeiro somou R$ 69,44 bilhões, em sessão marcada pelo vencimento de opções do índice.

LEIA MAIS: Setor de serviços do Brasil despenca 11,7% em abril

Guedes afirmou que retomará o projeto liberal que persegue após ter paralisado seu programa estrutural para se dedicar às ações emergenciais de enfrentamento ao coronavírus.

“Agora estamos finalizando os programas emergenciais e vamos voltar para as nossas reformas, e nos próximos 60, 90 dias, nós vamos acelerar”, completou o ministro.

Para Ilan Arbetman, analista da Ativa Investimentos, as declarações de Guedes trazem uma leitura mais benigna do mercado do quadro interno nacional.

“A gente começa a ver o governo capitalizando esse alinhamento com o centrão para conseguir aquilo que o mercado quer ver, que são as reformas”, afirmou.

LEIA TAMBÉM: Controlador do TikTok teve receita de US$ 5,6 bilhões no 1º trimestre

Ainda nesta quarta-feira, o Banco Central deve reduzir a taxa básica de juros para a mínima recorde de 2,25% ao ano, ampliando o esforço emergencial para revigorar a atividade econômica prejudicada pela pandemia de coronavírus.

A expectativa do mercado está mais focada no comunicado do BC – se sinaliza o fim do ciclo de redução nos juros ou deixa o caminho aberto para outro corte já na próxima reunião, afirmou Arbetman. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).