eBay tem vendas acima do esperado no trimestre

Reprodução Forbes
Reprodução Forbes

Empresa de comércio eletrônico elevou perspectivas para ano fiscal

O eBay reportou hoje (28) receita trimestral acima das expectativas em Wall Street e elevou sua projeção para o ano, com a empresa de comércio eletrônico se beneficiando de um aumento nas compras online por pessoas que ficam dentro de casa em razão da pandemia de Covid-19.

Agora, a empresa espera que a receita líquida do ano fique entre US$ 10,56 bilhões e US$ 10,75 bilhões, o que inclui os resultados do negócio de classificados. Ela também previu vendas no terceiro trimestre acima das expectativas.

Leia mais: Forbes promove primeiro webinar sobre Saúde Mental nas empresas. Participe

O eBay concordou na semana passada em vender seus negócios de anúncios classificados para a norueguesa Adevinta num acordo de US$ 9,2 bilhões, sucumbindo à pressão dos investidores ativistas Elliott Management e Starboard Value.

A companhia também espera que o lucro ajustado para o ano inteiro fique entre US$ 3,47 e US$ 3,59 por ação. Analistas previam US$ 3,51 por ação.

Os negócios vêm crescendo para empresas de e-commerce ou de forte presença online, uma vez que medidas de isolamento social por causa do vírus fizeram mais pessoas usarem seus telefones celulares e computadores para fazer compras.

Leia também: IPO da Pague Menos pode movimentar mais de R$ 1 bilhão

No segundo trimestre, a receita do eBay subiu para US$ 2,87 bilhões, ante US$ 2,42 bilhões no ano anterior e estimativa dos analistas de US$ 2,8 bilhões, segundo dados IBES da Refinitiv.

Excluindo itens, o eBay teve lucro de US$ 1,08 por ação, contra estimativas de US$ 1,06 por ação. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).