Lucro do PayPal aumenta 86% com gastos online impulsionados por pandemia

ReproduçãoForbes
ReproduçãoForbes

Os resultados refletiram um ganho de investimento não realizado no valor de US$ 0,58 por ação

O PayPal reportou hoje (29) alta de 86% no lucro do segundo trimestre, com a processadora de pagamentos de comércio eletrônico se beneficiando da migração para compras online em meio à pandemia de coronavírus.

O lucro líquido aumentou para US$ 1,53 bilhão, ou US$ 1,29 por ação, no trimestre encerrado em 30 de junho, de US$ 823 milhões, ou US$ 0,69 por ação, um ano antes.

VEJA MAIS: Forbes promove primeiro webinar sobre Saúde Mental nas empresas. Participe

Os resultados refletiram um ganho de investimento não realizado no valor de US$ 0,58 por ação e incluíram reservas adicionais para perdas com empréstimos no valor de US$ 0,07 por ação, abaixo da adição de US$ 0,17 por ação em provisão no primeiro trimestre.

Em uma base ajustada, a empresa disse que o lucro líquido subiu para US$ 1,26 bilhão, ou US$ 1,07 por ação, ante US$ 848 milhões, ou US$ 0,71 por ação, um ano antes. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).