Sem notícias negativas no Brasil e exterior, Ibovespa sobe mais de 2% no dia

Reprodução/Forbes

Na ausência de notícias negativas (ou ao menos novidades) no Brasil e no exterior, os investidores mostraram disposição por riscos e impulsionaram as fortes altas do Ibovespa no dia. O índice brasileiro encerrou com ganho de 2,51% aos 97.919 pontos, com destaque para os papéis do setor bancário. O dólar também teve espaço para reajustes, fechando em baixa de 0,57% e negociado a R$ 5,59.

Com o anúncio do Renda Cidadã previsto para depois das eleições municipais, o mercado de ações teve um atípico dia de tranquilidade no cenário político. A prorrogação, no entanto, gera preocupações de que não haja tempo suficiente para aprovação da matéria no Congresso. Segundo análise da XP Investimentos, o “tempo exíguo para a aprovação no final do ano aumenta a atenção sobre a possibilidade de uma solução emergencial, caso seja frustrada a tentativa de aprová-lo”. Ontem, no entanto, o ministro Paulo Guedes afirmou que não há possibilidade de extensão do auxílio emergencial para além de dezembro. O segundo turno das eleições está marcado para 29 de novembro.

LEIA MAIS: Tudo sobre finanças e o mercado de ações

O dia também foi todo azul no exterior. O FTSE 100, de Londres, teve variação positiva de 0,53%, seguido por 0,78% de ganho no Stoxx 600. Do outro lado do oceano, em Wall Street, o Dow Jones avançou 0,43%, o S&P 500 valorizou 0,80% e o Nasdaq Composite teve alta de 0,50% na sessão.

Ainda nos EUA, o mercado segue acompanhando a eterna negociação entre democratas e republicanos para um novo pacote fiscal. Ontem, a possibilidade de aprovar um auxílio fatiado para as companhias aéreas agradou os investidores, mas a presidente da Câmara norte-americana, Nancy Pelosi, afirmou nesta tarde que não irá apoiar um projeto de lei para as empresas sem um pacote de ajuda mais amplo para a economia do país.

Uma decisão sobre o tão aguardado socorro deve acontecer apenas após as eleições presidenciais, marcadas para 3 de novembro. Nas pesquisas, Joe Biden abre vantagem frente a Donald Trump e o mercado já precifica uma vitória do candidato democrata, segundo análise do The Wall Street Journal.

DESTAQUES DO PREGÃO

Maiores Altas
IRBR3: +20,19% a R$ 7,74
SANB11: +8,11% a R$ 30,78
ITUB4: +6,04% a R$ 24,07
BBDC3: +5,67% a R$ 19,20
RENT3: +5,40% a R$ 59,96

Maiores Baixas
USIM5: -2,55% a R$ 10,32
BTOW3: -1,61% a R$ 87,20
ELET3: -1,44% a R$ 30,87
BRKM5: -1,08% a R$ 21,98
GOAU4: -1,00% a R$ 9,93

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).