Acionistas da Petrobras aprovam destituição de Castello Branco do conselho

A mudança abre espaço para a entrada do general da reserva Joaquim Silva e Luna, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para substituir o executivo no conselho e na presidência da petroleira estatal

Redação
Compartilhe esta publicação:
Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

A destituição de Roberto Castello Branco, durante assembleia extraordinária, acarretou na destituição de outros sete membros do colegiado

Acessibilidade


A assembleia de acionistas da Petrobras aprovou hoje (12) a destituição de Roberto Castello Branco como membro do Conselho de Administração da petroleira estatal, um passo importante para que o executivo deixe a presidência da companhia.

A saída de Castello Branco do colegiado abre espaço para a entrada do general da reserva Joaquim Silva e Luna, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para substituir o executivo no conselho e na presidência da petroleira estatal.

LEIA MAIS: Quatro diretores da Petrobras deixarão empresa após saída de Castello Branco

Conforme o estatuto da empresa, o presidente da Petrobras é eleito pelo conselho dentre os seus membros.

A destituição de Castello Branco, durante assembleia extraordinária de hoje, acarretou na destituição de outros sete membros do colegiado, cujas vagas devem ser preenchidas ainda no mesmo encontro, feito de forma virtual devido à pandemia. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: