Casino avalia aumento de capital da Cdiscount, diz GPA

Gonzalo Fuentes/Reuters
Gonzalo Fuentes/Reuters

Grupo francês também anunciou o início dos trabalhos para potencial aumento de capital da GreenYellow

O Casino começou processo para potencial aumento de capital da Cdiscount, subsidiária direta da Cnova, na qual o GPA detém 34,17% de participação, afirmou ontem (12) o grupo brasileiro de varejo.

A operação tem como objetivo habilitar o Cdiscount a acelerar plano de crescimento e pode também incluir uma oferta secundária de ações detidas pelo Casino, de acordo com comunicado do GPA à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

VEJA TAMBÉM: GPA diz que não há processo em andamento envolvendo participação na Cnova

“O conselho de administração de GPA recebeu de maneira positiva o lançamento desses estudos e aponta a excelente performance operacional dessa subsidiária, assim como o forte potencial de crescimento do Cdiscount e o ambiente favorável do mercado de capitais”, afirmou o varejista brasileiro.

Na véspera, as ações do GPA fecharam em alta de 9,79%, replicando movimento registrado em vários pregões em março, em meio a especulações sobre venda de ativos pela companhia. No mês passado, os papéis acumularam elevação de 201,91%.

Analistas do UBS avaliaram que, se os direitos preferenciais do GPA relacionados à Cnova forem válidos e o negócio for bem-sucedido, há potencial para criação de valor de curto prazo.

De acordo com cálculos dos analistas, se a Cdiscount emitir o equivalente a 100 milhões de ações da Cnova por € 200 milhões (semelhante à posição de dívida líquida), o Grupo Casino controlaria o ativo com 50,25% e o GPA seria capaz de vender 100% de suas 118 milhões de ações da Cnova.

Considerando determinada premissas, como os preços recentes das ações da Cnova, a equipe do UBS avalia que a participação do GPA poderia valer R$ 23,6 por ação. “Mas estamos cientes de que a (as ações da) Cnova são altamente ilíquidas e, portanto, é improvável que seja um bom indicador do valor fundamental que se espera que seja avaliado no processo de IPO.”

Na visão da Guide Investimento, a operação na Cnova deve destravar valor para GPA no curto prazo, acrescentando que a Rallye, controladora do grupo Casino e do GPA, segue em situação delicada financeiramente na França e necessita realizar a venda de ativos e participações não estratégicos.

LEIA TAMBÉM: Carrefour não considera Casino como alvo de aquisição, diz presidente

Analistas da XP Investimentos também avaliam que a transação pode destravar um valor adicional para o GPA, mas ponderou que os preços atuais já refletem uma probabilidade de 40% que a transação irá ocorrer. Eles também veem desafios para que ela seja concretizada no curto prazo.

“Dessa forma, estamos rebaixando nossa recomendação para “neutro” e ajustando nosso preço alvo para R$ 39 por ação, de R$ 28 antes”. As ações do GPA fecharam a R$ 37 na véspera.

No comunicado feito pelo Casino, recebido pelo GPA, o grupo francês também anunciou o início dos trabalhos preparatórios para potencial aumento de capital adicional da empresa de soluções de energia GreenYellow. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).