Importações de minério de ferro pela China saltam 19% em março

Jim Regan/Reuters
Jim Regan/Reuters

China importou 283,44 milhões de minério de ferro no primeiro trimestre

As importações de minério de ferro pela China avançaram em março frente a níveis relativamente baixos vistos há um ano atrás, mostraram hoje (13) os dados de alfândega, com a demanda pelo material usado na fabricação do aço seguindo sustentada por uma robusta atividade industrial.

A China, maior consumidora global de minério de ferro, importou 102,11 milhões de toneladas do produto no mês passado, segundo a Administração Geral de Alfândegas, alta de 18,9% frente a março de 2020.

VEJA TAMBÉM: China registra exportações robustas e aumento das importações em março

No primeiro trimestre, a China importou 283,44 milhões de toneladas de minério de ferro, acima das 263 milhões vistas no mesmo período do ano anterior.

“As importações de minério de ferro apenas retornaram a um nível normal frente a uma base relativamente baixa no ano passado, quando os embarques foram afetados pelo clima extremo na Austrália e no Brasil”, disse Cai Biyu, analista da GF Futures.

A demanda por minério de ferro tem sido apoiada por um robusto consumo de aço nos setores de construção e manufatura.

Os preços do aço subiram para máximas recorde acima de 5.000 iuanes por tonelada (US$ 763,58), o que alimentou a demanda por minério de ferro.

“Apesar de cortes de produção em Tangshan, usinas siderúrgicas em outros lugares podem recompor estoques com a temporada de pico de demanda”, disse Cai.

Os futuros de referência do minério de ferro na China subiram pelas últimas três sessões consecutivas e saltaram mais de 3% hoje. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).