Por um breve momento, Larry Ellison se torna o 6º centibilionário do mundo

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Grande parte da fortuna de Larry Ellison vem dos 35% de participação que ele detém na Oracle

O bilionário cofundador da Oracle, Larry Ellison, atingiu o status de centibilionário pela primeira vez depois da valorização de ontem (8) das ações da sua empresa de software.

Os papéis da gigante tecnológica tiveram alta de 1,8% a partir das 15h desta quinta-feira, o que se traduziu em ganhos de US$ 1,8 bilhão no patrimônio líquido de Ellison, que chegou a US$ 100 bilhões, segundo estimativas da Forbes. A bolsa registrou leve baixa, reduzindo o patrimônio líquido de Ellison para US$ 99,8 bilhões no fechamento do mercado. Ele continua a ser a sexta pessoa mais rica do planeta, menos de US$ 15 bilhões atrás do quinto mais rico do mundo, o cofundador e CEO do Facebook Mark Zuckerberg.

VEJA TAMBÉM: Os 20 bilionários da tecnologia mais ricos em 2021

Ellison é presidente e diretor de tecnologia da gigante de software Oracle, que fundou em 1977. O bilionário de tecnologia também atuou como CEO da Oracle por 37 anos antes de renunciar ao cargo em 2014. A maior parte de sua fortuna vem dos 35% de sua participação na empresa, segundo registros da companhia.

As ações da Oracle saltaram cerca de 10% nas últimas duas semanas, adicionando bilhões de dólares ao patrimônio líquido de Ellison. Os papéis ainda se mantiveram estáveis, apesar da perda recente da empresa em sua batalha legal de décadas com o Google. A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu em 5 de abril de 2021 que o Google não violou a lei de direitos autorais ao usar partes do código de programação Java da Oracle para construir seu sistema operacional Android. Os investidores estão cada vez mais otimistas com o crescimento dos negócios em nuvem da Oracle, considerando a empresa uma competidora emergente em um espaço de grandes nomes como Google, Amazon e Microsoft.

O magnata do software foi brevemente o sexto centibilionário do mundo, juntando-se a uma grupo poderoso que inclui o CEO da Amazon, Jeff Bezos, o fundador da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, o presidente da LVMH, Bernard Arnault, o cofundador da Microsoft Bill Gates e Zuckerberg do Facebook. Em agosto de 2020, Musk tornou-se o mais recente membro a entrar no clube dos US$ 100 bilhões, quando as ações da empresa de carros elétricos Tesla dispararam.

Além de Ellison, existem três outras figuras de destaque que estão prestes a ingressar no clube dos centibilionários. O famoso investidor Warren Buffett, conhecido como Oráculo de Omaha, é a sétima pessoa mais rica do planeta, com um patrimônio líquido de US$ 99,6 bilhões, de acordo com a Forbes. Ele ultrapassou a marca de US$ 100 bilhões em março de 2021, mas as ações da Berkshire Hathaway logo caíram. Atrás de Buffett estão os cofundadores do Google, Larry Page e Sergey Brin, com patrimônios estimados em US$ 97,8 bilhões e US$ 94,8 bilhões, respectivamente.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).