Operadora de telecomunicações de catarinense Unifique pede registro para IPO

Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

A operação, que será coordenado por XP, BTG Pactual e Itaú BBA, busca captar recursos novos para a empresa financiar seu crescimento orgânico

A operadora de telecomunicações sediada em Santa Catarina Unifique submeteu hoje (12) à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) um pedido de registro para um IPO (Oferta Inicial de Ações, da sigla em inglês).

A operação, que será coordenado por XP, BTG Pactual e Itaú BBA, busca captar recursos novos para a empresa financiar seu crescimento orgânico, além de fazer aquisições estratégicas na região Sul do país, segundo o prospecto preliminar.

LEIA MAIS: IPOs movimentam R$ 30 bilhões entre janeiro e abril, mas conjuntura eleva régua do mercado

Fundada em 1997, a Unifique afirma ser a maior provedora de fibra óptica de Santa Catarina, tendo no fim de março 318 mil acessos em mais de 122 municípios no Estado e 5 no Paraná. A companhia está expandindo sua atuação para o Rio Grande do Sul, onde comprou em abril uma operação com mais de 31 mil acessos. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).