Mercado Livre e Kaszek criam SPAC para investir em digital na América Latina

A companhia, batizada de Meli Kaszek Pioneer, já tem um pedido de registro na SEC para IPO.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Através da SPAC Meli Kaszek Pioneer, o Mercado Livre e a Kaszek pretender realizar IPO e adquirir empresa-alvo do ecossistema digital da América Latina

Acessibilidade


O Mercado Livre e o fundo de capital de risco Kaszek anunciaram hoje (13) a criação de um negócio conjunto para investir em negócios digitais na América Latina.

A companhia, batizada de Meli Kaszek Pioneer, já tem um pedido de registro na SEC (Securities and Exchange Comission) para IPO (oferta inicial de ações) de 25 milhões de ações ordinárias Classe A a US$ 10 cada.

LEIA TAMBÉM: Nubank fecha parceria com Creditas

Em comunicado, as sócias afirmaram que a nova companhia será listada na Nasdaq sob o ticker “MEKA”. BofA Securities, Goldman Sachs, Allen & Company e JPMorgan devem coordenar a oferta.

O novo negócio é uma SPAC, ou companhia “cheque em branco”, jargão do mercado para companhias não operacionais que são listadas em bolsa com propósito específico de adquirir empresas. É um modelo que tem crescido rapidamente em Wall Street.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“A companhia pretende levantar capital através do IPO para a aquisição de uma empresa-alvo do ecossistema digital da América Latina”, afirmaram Mercado Livre e Kaszek no comunicado. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: