Embraer reduz prejuízo no terceiro trimestre para R$ 179,7 milhões

A companhia disse que revisou para cima sua projeção para o fluxo de caixa no ano completo de 2021.

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


A Embraer reportou hoje (5) um prejuízo líquido ajustado de R$ 179,7 milhões no terceiro trimestre, contra prejuízo líquido ajustado de R$ 797,5 milhões no mesmo período do ano passado, destacando uma “melhora significativa” em seu fluxo de caixa na comparação anual.

A companhia disse que revisou para cima sua projeção para o fluxo de caixa no ano completo de 2021 e agora espera fluxo positivo em US$ 100 milhões ou mais, ante previsão anterior entre consumo de US$ 150 milhões e zero.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

Segundo a Embraer, esta foi a primeira vez em mais de dez anos em que a empresa reportou um fluxo de caixa livre positivo em um terceiro trimestre. A fabricante de aeronaves disse que tal resultado advém de uma melhor rentabilidade e eficiência do capital de giro.

A empresa também reportou uma receita líquida de R$ 5,01 bilhões no terceiro trimestre, alta de 22% na comparação anual, apoiada por crescimentos de dois dígitos em todos os seus segmentos de negócio.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“A Embraer espera que no quarto trimestre de 2021 as entregas e receitas aumentem e fiquem dentro dos padrões sazonais normais, levando a mais um fluxo de caixa livre positivo”, disse a companhia em comunicado.

A Embraer também divulgou lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado de R$ 410,7 milhões no terceiro trimestre, revertendo desempenho negativo de R$ 40,7 milhões no mesmo período do ano passado. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: