Ibovespa encerra o dia em alta apoiado nas ações de commodities

Braskem (BRKM5), Petrobras (PETR4) e PetroRio (PRIO3) figuraram entre os destaques positivos da sessão.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa fechou hoje (23) em alta de 1,50%, a 103.653 pontos, em dia de grande volatilidade. A tendência positiva foi puxada principalmente pelas ações de commodities, que ganharam impulso por conta da perspectiva de retomada de produção das siderúrgicas chinesas e pela notícia de que os Estados Unidos vão liberar milhões de barris de petróleo de reservas estratégicas.

Por essa razão, Braskem (BRKM5), Petrobras (PETR4) e PetroRio (PRIO3) figuraram entre os destaques positivos da sessão, com altas de 6,68%, 5,46% e 5,29%, respectivamente. A Vale, ação de maior peso no índice, encerrou o dia com ganhos de 2,63%, após ter fechado ontem com avanço de 5,56%.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A PEC dos Precatórios e o financiamento do Auxílio Brasil permanecem no radar dos investidores. Hoje, o relator da proposta, Fernando Bezerra Coelho, apresentou aos senadores sete mudanças que serão feitas no texto já aprovado pela Câmara. A principal delas sugere que o Auxílio Brasil se torne um programa permanente.

“O índice renovou a mínima do ano, agora em 101.736 pontos [durante a sessão], na expectativa pelas mudanças propostas na PEC dos Precatórios, que, no final das contas, não foi relevante ao ponto de aprofundar as perdas. Inclusive, após divulgadas, os juros futuros foram para o campo negativo”, comenta Rafael Ribeiro, analista da Clear Corretora.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em Wall Street, os índices fecharam sem direção definida. O Dow Jones subiu 0,55%, a 35.813 pontos, o S&P 500 registrou ganhos de 0,17%, a 4.690 pontos, e o Nasdaq caiu 0,50%, a 15.775 pontos.

No S&P 500, o setor financeiro fechou em alta de 1,56%, estendendo os ganhos de segunda-feira e fornecendo otimismo aos mercados. Goldman Sachs, JPMorgan e Bank of America avançaram mais de 1% cada, com expectativas de aumento dos juros no próximo ano. As expectativas foram intensificadas após Jerome Powell ser nomeado para um segundo mandato como presidente do Federal Reserve, banco central norte-americano.

Por outro lado, o aumento dos rendimentos dos títulos do Tesouro norte-americano pesou sobre ações de grandes empresas de tecnologia. Alphabet e Amazon registraram quedas de 0,36% e 0,63%, respectivamente.

O dólar fechou em alta de 0,27%, negociado a R$ 5,6083 na venda, refletindo cenário internacional de menor apetite por risco em meio a perspectivas de aumentos de juros nos Estados Unidos já em 2022. Ainda assim, a moeda se distanciou das máximas do dia depois que o mercado repercutiu positivamente notícias sobre mudanças propostas para o texto da PEC dos Precatórios no Senado. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: